19/9/18
 
 
Atletismo. Hélio Gomes falha passagem à final nos 1.500m e pede desculpa
"Não foi o que eu estava à espera. Agradeço a todos o apoio, mas foi uma má corrida", admitiu

Atletismo. Hélio Gomes falha passagem à final nos 1.500m e pede desculpa

"Não foi o que eu estava à espera. Agradeço a todos o apoio, mas foi uma má corrida", admitiu Shutterstock Jornal i 27/08/2015 12:44

O atleta diz agora que vai "descansar, reflectir um pouco e conversar com o treinador".

O atleta português Hélio Gomes pediu "desculpa", esta quinta-feira, depois de ter falhado a qualificação para a final dos 1.500 metros masculinos dos Mundiais de atletismo, em Pequim.

"Senti-me mal; o corpo não reagiu. Peço desculpa", disse à agência Lusa o atleta de 30 anos, visualmente desiludido, após ficar no 38.º e antepenúltimo lugar, com um tempo de 3.46,32 minutos.

O atleta natural de Barroselas, de 30 anos, ficou a quase sete segundos do chileno Carlos Díaz (3.39,75), que fechou o lote de atletas qualificados na terceira eliminatória, e a três segundos do último qualificado da geral, o sul-africano Johan Cronje (3.43,29).

"Não foi o que eu estava à espera. Agradeço a todos o apoio, mas foi uma má corrida", admitiu.

O atleta diz agora que vai "descansar, reflectir um pouco e conversar com o treinador".

Hélio Gomes tem um recorde pessoal de 3.37,50 minutos.

Os melhores resultados da qualificação foram alcançados pelo queniano Silas Kiplagat (3.38,13 minutos), o marroquino Abdalaati Iguider (3.38,14 minutos) e o neozelandês Nicholas Willis (3.38,27 minutos).

Hoje, há mais um português em competição: Nelson Évora, que foi campeão olímpico no triplo salto em 2008, nos Jogos de Pequim, disputa a final do triplo salto às 19:10 locais (12:10 em Lisboa).

Dezasseis atletas portugueses participam nos Mundiais de Atletismo que decorrem até 30 de Agosto no Ninho do Pássaro, o estádio que acolheu os Jogos Olímpicos Pequim2008.

Lusa

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×