18/9/18
 
 
Rui Miguel Tovar 28/08/2015
Rui Miguel Tovar
Desporto

rui.tovar@ionline.pt
@ruimtovar

Eusébio campeão da NASL

28 de Agosto de 1976. Na final, os Toronto Metro-Croatia ganham 3-0 ao Minnesota Kicks com o pantera a assinar o 1-0 de livre directo.

Blaskovic, Fazlic, Lukacevic.

A Jugoslávia em peso está lá, ou não se chamasse a equipa Toronto Metros-Croatia.

Pelo meio, um brasileiro bom de bola mas desconhecido (Ivair Ferreira), um italiano sem expressão internacional e sem jeito (Marcantonio) e um génio mundialmente famoso (Eusébio).

Juntos – os "ic" e o sotaque português, o italiano não conta porque é, ao que tudo indica, mesmo mau – são campeões da NASL, a primeira liga oficial dos EUA.

Na final do Super Bowl, em Seattle, os Toronto vencem os Minnesota Kicks por 3-0, com Eusébio a marcar o primeiro golo aos 40 minutos e 28 segundos (americanices), de livre directo.

“Foi tudo muito bonito, mas foi incrível como nos esquecemos das garrafas de champanhe em casa", conta o pantera negra, autor de 16 golos e quatro assistências em 21 jogos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×