20/11/18
 
 
Faça do seu cão um smartdog
Aplicação permite até criar uma espécie de cerca virtual

Faça do seu cão um smartdog

Aplicação permite até criar uma espécie de cerca virtual Rodrigo Cabrita Marta Cerqueira 24/08/2015 21:29

A coleira Buddy permite ao dono controlar os movimentos, a localização geográfica e até a temperatura do cão.

Quem escolhe um cão para animal de estimação sabe que está a garantir alguns bons anos de uma companhia que só pede o mesmo em troca. Os cães não gostam de estar sozinhos e são exactamente esses momentos em que se encontram entregues a si próprios que mais preocupam os donos.

Se a separação física entre animal e dono é quase inevitável no dia-a-dia, existe agora um dispositivo que pode não reduzir os quilómetros de distância, mas promete aumentar a sensação de proximidade. Numa espécie de Big Brother canino, uma nova coleira equipada com uma série de sensores permite ao dono monitorizar, em tempo real, praticamente todo o comportamento e bem--estar do animal. Baptizada de Buddy (“companheiro”), o acessório possui sistema GPS, Bluetooth, sensores de luz, termómetro e pedómetro. E isto na versão mais básica do aparelho, porque na mais avançada – e também mais cara – é possível até criar uma cerca virtual que avisa o dono caso o animal ultrapasse esses limites geográficos.

A empresa australiana Squeaker, especializada em produtos para animais, não deixou escapar os dados estatísticos anuais que apontam a falta de luminosidade como a principal causa de atropelamento de mais de seis milhões de cães nas estradas. A coleira está equipada com um sistema de luzes cujas cores e intensidade podem ser monitorizadas através do smartphone.

Para pôr em prática num futuro não muito longínquo, os investigadores têm em mente não só uma relação dono-animal apoiada pela tecnologia, mas também que essa interacção possa ser extrapolada para o que os rodeia. Por exemplo, se ao smartphone e à coleira inteligente juntarmos uma casa altamente tecnológica, a aplicação pode avisar o dono de que a temperatura do cão subiu, para que possa, também à distância, regular o ar condicionado de casa.

A boa notícia é que um sistema tão completo tem uma bateria que dura 14 dias, com possibilidade de ser recarregada através de um sistema wi-fi. Para poder ser usada por animais de diferentes portes, a coleira está disponível em três tamanhos, mas nunca ultrapassa as 150 gramas de peso, para que não se torne um empecilho para o dia-a-dia do animal. Para concretizar a ideia, a empresa conta com uma campanha de crowdfunding que já está em marcha. Até agora foram arrecadados cerca de 78 mil euros de um total de 257 mil necessários para que a coleira possa começar a ser comercializada. Quando isso acontecer, o preço deverá andar entre os 160 e os 270 euros, valor que aumenta consoante as funcionalidades da coleira. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×