14/11/18
 
 
Sergio Pérez. A ida para a McLaren estragou-lhe o salto para a Ferrari

Sergio Pérez. A ida para a McLaren estragou-lhe o salto para a Ferrari

Jorge Garcia 20/08/2015 15:11

Piloto mexicano revelou que podia ter chegado à equipa italiana se em 2013 tivesse continuado na Sauber.

Sergio Pérez foi piloto da academia da Ferrari até 2012, numa temporada onde explodiu na Sauber, alcançando o pódio em quatro ocasiões. Com a cotação elevada, a McLaren interessou-se pelo mexicano, que não foi capaz de rejeitar a oferta. Mas acabou por ter o azar de, na época seguinte, a equipa de Woking ter descido de forma, com Jenson Button e Pérez a mostrarem-se incapazes de chegar ao pódio uma única vez.

O piloto mexicano acabou por ser largado pela McLaren no final da temporada e apenas se manteve na Fórmula 1 devido a um convie da Force India. Nessa temporada, o mexicano viu ainda Kimi Räikkönen voltar à Ferrari, para um lugar que poderia ser o seu. Pérez admitiu que a relação com a Ferrari ainda é muito boa e que Stefano Domenciali, antigo chefe da equipa italiana, lhe confessou que se o mexicano tivesse ficado mais um ano na Sauber, o lugar na escuderia do cavalo negro teria sido seu em 2014.

Pérez não se arrepende, apesar de confessar que quando um piloto é abandonado por uma grande equipa a sua reputação sofre bastante. “Na altura a McLaren estava a ganhar há alguns anos, e era a equipa certa para se estar… Mas afinal não era. Quando uma grande equipa se vê livre de ti logo após o primeiro ano, isso dá cabo da tua reputação no desporto”, explicou o mexicano.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×