18/1/20
 
 
Mogadouro. Em Urrós, a tradição ainda é o que era

Mogadouro. Em Urrós, a tradição ainda é o que era

Tommaso Rada (fotografia) 17/08/2015 21:56

A 15 de Agosto, mal raia o dia, os 318 habitantes de Urrós preparam-se para a corrida anual de touros, que coincide com a festa da freguesia.

É bem capaz de ser o dia mais importante lá do sítio. Pelo menos, nos últimos 20 anos tem sido assim. A 15 de Agosto, mal raia o dia, os 318 habitantes de Urrós – que quase duplicam nesta altura do Verão com a chegada habitual dos emigrantes – preparam-se para a corrida anual de touros, que coincide com a festa da freguesia.

A corrida só começa a meio da tarde, às 17h30, mas duas horas antes já todos se vão reunindo nas entradas da arena para avaliar os cavalos que vão participar. Este ano, os cinco touros que passaram pela arena tiveram de defrontar-se com três cavaleiros – Pedro Salvador, Marco Bastinhas e Andreia Oliveira – e dois grupos de forcados (de Coimbra e de Cascais).

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×