25/5/20
 
 
Foi o último sacrifício do casal francês que salvou o filho da morte no deserto
Parque Nacional White Sands no estado do Novo México

Foi o último sacrifício do casal francês que salvou o filho da morte no deserto

Parque Nacional White Sands no estado do Novo México Shutterstock Jornal i 10/08/2015 13:03

O casal francês que morreu durante uma caminhada num deserto do Novo México terá conseguido salvar o filho de 9 anos com um último gesto.

Antes de sucumbirem, deram os últimos goles de água que tinham, depois de terem gasto a água. E foi isso que permitiu à criança sobreviver, contam as autoridades agora, ainda em investigação do caso.

apesar de desidratado, estava em boa forma física quando foi encontrado ao lado do pai, morto, no caminho de Parque Nacional White Sands, no estado do Novo México (EUA).

A versão é avançada pela polícia, que encontrou o casal já sem vida na passada terça-feira. A mãe foi encontrada no parque pelas autoridades, meia hora depois de terem encontrado o filho com o pai.

O nome dos pais foi revelado David Steiner, 42, e a mulher, Ornella Steiner, 51, mas o do rapaz não foi divulgado. Eram turistas de uma cidade pequena de França, Reims.

"O rapaz está vivo porque os pais lhe deram toda a água que tinham. É por isso que está vivo. Estava bem hidratado em comparação com os pais", explicou Benny House, o xerife do condado de Otero.
 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×