12/11/18
 
 
Portugal campeão do mundo de futebol de praia
Portugal tinha vindo a falhar a oportunidade de fazer história

Portugal campeão do mundo de futebol de praia

Portugal tinha vindo a falhar a oportunidade de fazer história Fernando Veludo/EPA Rui Pedro Silva 19/07/2015 19:32

Selecção nacional bateu o Taiti por 5-3 na final dispustada em Espinho

É o primeiro título mundial de Portugal desde que a competição é organizada pela FIFA. A jogar em casa, a selecção confirmou o favoritismo e bateu o Taiti por 5-3.

Campeão pela primeira vez em 2001, frente à França, ainda antes de a prova ter ido para as mãos da FIFA (2005), Portugal tinha vindo a falhar a oportunidade de fazer história. Logo a abrir, em 2005, perdeu na final para a França e desde então nunca tinha conseguido fazer melhor do que o terceiro lugar, em 2008, 2009 e 2011.

Agora foi diferente. A vitória era uma obsessão e Madjer fez questão de o demonstrar a partir do primeiro remate do jogo, logo aos três segundos. A figura máxima desta geração chegou aos 87 golos em Mundiais e igualou o paraguaio Pedro moran e o suíço Noel Ott na lista de melhores marcadores desta edição, com oito.

Belchior e Coimbra aumentaram a vantagem para 3-0 e fizeram acreditar que o título seria tranquilo mas o Taiti nunca desistiu. Labasta e Li Fung Kuee reduziram e foi uma partida de nervos até ao fim. Se Bruno Novo fez um grande golo ainda no segundo período, Fung Kuee bisou no início do terceiro e deixou tudo com uma margem pequena.

A 48 segundos do fim, Alan fechou a contagem e fez o 5-3 final, que catapultou público e jogadores para a festa.

Pela terceira edição consecutiva, o título vai para uma selecção europeia. A Rússia venceu em 2011 e 2013 e abriu agora o caminho para Portugal.

"Se há três anos me dissessem que ia ser campeão mundial, dizia que estavam a gozar comigo", confessou o seleccionador nacional Mário Narciso. Já Madjer salientou os sacrifícios que os jogadores tiveram de fazer. "É merecido. Só nós sabemos o que passamos e o que abdicamos", disse.

PRÉMIOS

Bola de Ouro: Heimanu Taiarui (Taiti)

Bola de Prata: Alan (Portugal)

Bola de Bronze: Madjer (Portugal)

Melhor marcador: Pedro Moran (Paraguai)

Segundo melhor marcador: Madjer (Portugal)

Terceiro melhor marcador: Noel Ott (Suíça)

Melhor guarda-redes: Jonathan Torohia (Taiti)

Prémio fair-play: Brasil

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×