18/9/18
 
 
BES vendeu papel comercial depois da proibição
A revelação foi feita pelo Presidente da CMVM, Carlos Tavares

BES vendeu papel comercial depois da proibição

A revelação foi feita pelo Presidente da CMVM, Carlos Tavares PEDRO NUNES/LUSA Isabel Tavares 14/07/2015 15:53

Deste total, reclamaram o reembolso os subscritores de 22 milhões.

O Banco Espírito Santo (BES) vendeu 62 milhões de euros em papel comercial de empresas do Grupo Espírito Santo (GES) depois de o Banco de Portugal ter proibido a sua comercialização, a partir do dia 14 de Fevereiro de 2014. A venda foi feita através do Banco BEST e do Banco Comercial dos Açores, "que não foram informados internamente".

A revelação foi feita pelo presidente da CMVM - Comissão do Mercado de Valores Mobiliário, Carlos Tavares, que está a ser ouvido na Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública, no Parlamento.

Deste total, só reclamaram o reembolso os subscritores de 22 milhões. Carlos Tavares não tem dúvidas e diz que "quem violou a ordem foi o BES, depois da proibição, pelo que a responsabilidade é da instituição".

Leia amanhã mais sobre este tema na edição em papel.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×