12/11/18
 
 
Violência sobre mulheres e uso excessivo da força policial ensombram direitos humanos em Portugal
Prisões portuguesas saem mal na fotografia

Violência sobre mulheres e uso excessivo da força policial ensombram direitos humanos em Portugal

Prisões portuguesas saem mal na fotografia Jornal i 26/06/2015 00:19

Relatório do governo dos EUA refere também a discriminação dos ciganos e prolongamento excessivo de prisões preventivas.

Um relatório sobre direitos humanos do governo norte-americano divulgado esta quinta-feira aponta a Portugal várias violações dos direitos humanos, como violência sobre mulheres e crianças, tráfico de pessoas para exploração sexual e laboral e uso excessivo de força policial contra detidos.

O relatório de 2014 do Departamento de Estado norte-americano sobre direitos humanos refere ainda, no que toca a más práticas de Portugal, a detenção de pessoas que procuram asilo, a discriminação e a exclusão social de ciganos, a diferença salarial entre homens e mulheres e a prática da mutilação genital feminina entre a comunidade da Guiné-Bissau residente no país.

Sobre o sistema prisional e judicial, o documento enumera o abuso e o uso da força excessiva da polícia e dos guardas prisionais sobre detidos e reclusos, a sobrelotação e a insalubridade das prisões, o menosprezo da Polícia Judiciária pelos direitos dos detidos, o tempo prolongado da prisão preventiva, a negação do contacto de reclusos com familiares e advogados e a integração no mesmo espaço de reclusos jovens com adultos e de presos preventivos com condenados.

Lusa

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×