30/10/20
 
 
LIVRE/Tempo de Avançar. Rui Tavares e Ana Drago serão candidatos por Lisboa
Votação das listas de candidatos do partido Livre e da candidatura cidadã Tempo de Avançar

LIVRE/Tempo de Avançar. Rui Tavares e Ana Drago serão candidatos por Lisboa

Votação das listas de candidatos do partido Livre e da candidatura cidadã Tempo de Avançar António Cortim/Lusa José Paiva Capucho 24/06/2015 16:19

Rui Tavares foi o mais votado nas eleições primárias, seguindo-se Ana Drago, num processo que contou com a participação de 2 096 votantes.

A plataforma LIVRE/Tempo de Avançar anunciou nesta quarta-feira em conferência de imprensa os resultados oficiais das eleições primárias. Pelo círculo de Lisboa, Rui Tavares reuniu o maior número de votos, seguindo-se Ana Drago.

Desta lista contam ainda as presenças do investigador José Castro Caldas e o politólogo André Freire. No Porto, dos seis escolhidos, o advogado Ricardo Sá Fernandes  surge na terceira posição. A médica Isabel do Carmo vence o “pódio” por Setúbal. Pelo círculo de Coimbra, o economista José Reis será o cabeça de lista.

“Nós estamos aqui para derrotar a coligação PSD-CDS”, afirmou Ana Drago parabenizando em seguida todos os envolvidos durante este processo. “Agora é olhar para o país e falar de política, através desta candidatura que, no meio do desespero e da falta de esperança, quer somar força para combater a austeridade”, concluiu a ex-bloquista.

Já o historiador Rui Tavares considera que o dia de hoje é “de alegria, pois tomamos a responsabilidade que os cidadãos nos deram para que possamos ser o principal contributo nas próximas legislativas na recuperação social, económica e cívica do país”. Antes de congratular todos os voluntários, o antigo eurodeputado fez questão de afirmar que o dia também fica marcado, “com tristeza”, pela assinatura da venda da TAP”, garantindo que tudo farão para reverter o processo.

A comissão eleitoral anunciou ainda que o sufrágio sobre os 385 candidatos aos 22 círculos eleitorais contou com a participação de 2 096 pessoas de um universo total de perto de 8 000 potenciais eleitores.

Um resultado que ficou "aquém das expectativas", assumiu em conferência de imprensa o presidente da comissão eleitoral, Luís Moita. 

A paridade em termos de primeiros eleitos foi obtida, pois em onze círculos existem  mulheres no topo de lista, e outros 11 em que o posto é ocupado por homens.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×