20/10/20
 
 
Eurico Figueiredo. “Marinho Pinto é um homem perigoso para a democracia”
Irei contestar estas eleições ilegais, diz Eurico Figueiredo

Eurico Figueiredo. “Marinho Pinto é um homem perigoso para a democracia”

Irei contestar estas eleições ilegais, diz Eurico Figueiredo Manuel Vicente José Paiva Capucho 22/06/2015 11:48

Fundador do PDR Vila Real fala com i sobre o PDR e Marinho e Pinto.

Qual é a sua opinião sobre a eleição de ontem para oconselho nacional do PDR?
Uma vergonha. O Marinho Pinto deu-se ao luxo de revelar a percentagem de votos da lista C, que contou com muitos desistentes, no qual eu era o cabeça-de-lista. Uma humilhação pública para estas pessoas.

Vai estar na tomada de posse?
Não vou estragar a festa a quem pensa que haverá festa. Irei contestar estas eleições ilegais. E informarei os meus membros para que impugnem esta eleição. O voto não foi secreto, e os próprios Estatutos, criados pelo presidente, não foram respeitados.

Os acontecimentos da primeira parte doconselho nacional no mês passado ficaram resolvidos?
Não. Houve um inquérito interno, feito pelo advogado PedroBourbon, para que se averiguasse a situação.Desafio o Marinho Pinto a tornar públicos esses resultados, porque ainda não o fez. Nesse mesmo dia assegurei uma assembleia geral e o que aconteceu? Todos os amigos do presidente desertaram.Tive de ser eu a aguentar o barco.

Porque defende que MarinhoPinto é um“falso profeta”?
Ele é muito inteligente, muito combativo, à semelhança, por exemplo, de Mussolini. Acredito que queira fazer alianças com o Diabo, têm muitas qualidades em comum. Eu segui-o durante mais de um ano, mas agora vou denunciá-lo. Ele é um homem perigoso para a democracia portuguesa.

Está de relações cortadas com o PDR?
Não, não estou. Estou de relações políticas cortadas com o presidente, como o informei, por email, no dia 28 de Maio, em que lhe disse que não poderia contar mais comigo para nada. Ele está mal habituado, insulta toda a gente a seu bel-prazer.Durante um ano estive ao lado dele e levei-o excessivamente a sério. Não se pode levar a sério um vigarista.

Que medidas pretende tomar?
Eu vou continuar com este calvário. Muita gente vai-se embora do partido, mas eu fico.Quero parar este caminho fascizante doPDR.Não tenho outra missão se não essa.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×