7/8/20
 
 
ONU. Novas tecnologias na luta contra violações dos direitos humanos

ONU. Novas tecnologias na luta contra violações dos direitos humanos

Jornal i 19/06/2015 15:18

Nações Unidas querem utilizar as tecnologias de informação e comunicação para ajudar a encontrar dados em investigações.

“A era digital apresenta desafios que só podem ser ultrapassados através do uso inteligente das ferramentas digitais”. Foi assim que o Relator Especial das Nações Unidas sobre execuções sumárias, Christof Heyns, pediu hoje às Nações Unidas (ONU) e outros órgãos internacionais dos direitos humanos para inovarem nas investigações e procura de dados sobre violações dos direitos humanos.

Apresenta no seu relatório a sugestão de que se recorra às novas tecnologias para promover a protecção dos cidadãos, por reforçarem o papel de testemunhas civis na documentação de incumprimentos. E explica como é que esta prática pode ter influência nos abusos: “Todos vimos como momentos de força policial excessiva são capturadas em telemóveis e levam a acções contra os criminosos. Bilhões de pessoas por todo o mundo transportam uma arma poderosa para capturar tais eventos no seu bolso”. Mesmo que o abuso não possa ser prevenido, pode ajudar a responsabilizar quem o cometeu.

Ainda assim, existem já várias aplicações de alerta que se podem utilizar em casos de emergência. Seja para enviar mensagens ou mesmo coordenadas de GPS. Câmaras de pequeno tamanho. Imagens satélite. Na prática – evidências.

Mas se a tecnologia pode ser utilizada para o bem, também pode ser usada pelo lado negro. Os riscos incluem violação de privacidade e uso de comunicações para obter o paradeiro do alvo. Além de que se corre o risco de pensar que “o que não aparece em vídeo não aconteceu”, alerta Heyns. Por isso é importante manter um equilíbrio e regulação do seu uso.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×