20/9/19
 
 
Ana Luísa e Paulo Silva eram atletas federados e morreram de ataque cardíaco
Ana tinha 17 anos e jogava voleibol

Ana Luísa e Paulo Silva eram atletas federados e morreram de ataque cardíaco

Ana tinha 17 anos e jogava voleibol Jornal i 25/05/2015 20:11

Dois adolescentes, ambos atletas federados, terão sido vítimas de um ataque cardíaco fulminante, este fim-de-semana.

Ana Luísa Maia, de 17 anos, e Paulo Silva, de 15, morreram com 16 horas de diferença, refere o "Correio da Manhã".

A jogadora de vólei, residente em Touginha (Vila do Conde), estava em casa com os pais quando sentiu uma forte dor no peito, no sábado cerca das 16h. Os progenitores chamaram os bombeiros e a adolescente foi encaminhada para o hospital, mas não reagiu às reanimações.

Ana Luísa tinha um historial de problemas de respiração por causa de alergias e, na semana passada, não foi aos treinos.

Na madrugada de domingo, Paulo Silva foi festejar um aniversário com os amigos. Quando estava a regressar a casa por volta das 2h00 da manhã, queixou-se a um amigo de dores no peito.

Na altura, o jogador de futebol do Alpendorada, em Marco de Canaveses, não quis que ligassem aos bombeiros. Estes só foram chamados cerca de seis horas depois, quando Paulo se voltou a queixar, mas o adolescente não resistiu e acabou por morrer.

A autópsia aos corpos dos jovens está marcada para esta segunda-feira.
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×