27/2/20
 
 
Caso de Salvaterra. Mãe acompanha filho no julgamento

Caso de Salvaterra. Mãe acompanha filho no julgamento

Jornal i 19/05/2015 22:11

Susana Neves explicou que pretende estar ao lado do filho, que é acusado de homicídio.

A mãe de Daniel, jovem de 17 anos que é suspeito do homicídio de Filipe Costa, de 14, deu uma entrevista à TVI onde abriu o coração e revelou tudo o que sentiu quando soube que o filho poderia estar envolvido na morte do jovem de Salvaterra de magos.

Susana Neves explicou que pretende estar ao lado do filho, que é acusado de homicídio, durante o julgamento. “Eu não sou nenhum rato para abandonar o barco”.

Isto depois de ter escrito na sua página de Facebook que o filho teria de enfrentar tudo sozinho e “devia ser entrega para fazerem justiça pelas próprias mãos”. Palavras de que Susana Neves agora se arrepende: “Falei a quente. Ver uma notícia dessas. Ver o meu filho a passar algemado e saber os contornos do crime não é fácil”.

A mãe de Daniel falou ainda do choque que o jovem sofreu ao perder o pai, quando tinha apenas dez anos. “Ele assistiu à morte do pai e, dois meses depois, à morte da avó. O pai, no anterior à sua morte, disse 'tu qualquer dia matas-me do coração, rapaz'. E a verdade é que o pai morreu no coração no dia seguinte. Acho que isso o marcou”.

Foi nesta altura que Susana Neves decidiu pedir ajuda à Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco (CPCJ). O jovem passou por instituições em Fátima, Caxias e Lisboa. Quando voltou para casa, Susana diz que o jovem "vinha com outras maneiras, falava de outra forma".

O comportamento de Daniel voltou a piorar e o jovem deixou mesmo de querer ir às aulas. “Eu não conseguia estar 24 horas sobre 24 horas em cima do Daniel”, revela, acrescentando que o filho chegou mesmo a roubar em casa.

O jovem está preso no Estabelecimento Prisional de Leiria, onde aguarda julgamento.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×