14/12/19
 
 
Europa. O fim-de-semana de todos os títulos
Neto, André Villas-Boas e Hulk entendem-se em português

Europa. O fim-de-semana de todos os títulos

Neto, André Villas-Boas e Hulk entendem-se em português Marco Bertorello/Reuters Rui Pedro Silva 16/05/2015 13:00

Não é só o Benfica que está à beira de festejar. 

O Olympiacos passeou na Grécia e viu o Bayern Munique fazer o mesmo na Alemanha. Em Inglaterra, José Mourinho conduziu o Chelsea de regresso aos títulos nacionais, aproveitando a quebra dos rivais Manchester City e Arsenal. E, na Holanda, o PSV também já festejou, quebrando o ciclo do Ajax. Por toda a Europa, os principais campeonatos estão a aproximar-se do fim e este fim-de-semana poderá deixar quase tudo decidido. Em Portugal, Jorge Jesus pode ser bicampeão com o Benfica, mas estas 48 horas estarão repletas de jogos decisivos, embora não sejam nas derradeiras jornadas.

Rússia André Villas-Boas não conseguiu ser campeão na época passada com o Zenit, mas dificilmente deixará o primeiro lugar fugir novamente este ano. Na antepenúltima jornada, a equipa de Garay, Neto, Javi García,Danny, Witsel e Hulk joga no terreno do Ufa com oito pontos de vantagem sobre o Krasnodar. A partida, domingo às 14h00, tem tudo para garantir o título ao técnico português, que não festeja desde a Taça de Portugal com o FC Porto em 2011.

Suíça O Basileia de Paulo Sousa chegou aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões – eliminado pelo FC Porto – e está a um pequeno passo de se sagrar novamente campeão helvético, pela sexta vez consecutiva. Para o técnico nacional, poderá ser o segundo título do género, depois de ter levado o Maccabi Telavive à festa na época anterior. Faltam quatro jornadas e o jogo em casa, domingo às 15h00, contra o segundo – Young Boys –, pode não ser o mais fácil, mas os 11 pontos de vantagem significam que um empate é suficiente para fechar as contas.

Espanha Pode ser uma semana para esquecer do Real Madrid. O empate contra o Valencia no fim-de-semana passado permitiu ao Barcelona abrir a vantagem na liderança para quatro pontos, quando faltam apenas duas jornadas para o fim do campeonato. O primeiro match point catalão será precisamente emMadrid, mas no terreno do Atlético. Se, em 2014, os colchoneros foram garantir o título espanhol a Camp Nou com um empate a um golo na última jornada, desta vez poderão ser os catalães a retribuir a gentileza. Atlético-Barcelona e Espanyol-Real Madrid disputam-se ambos no domingo às 18h00 (à mesma hora dos jogos em Portugal) e o ponto de situação é exactamente o mesmo da relação entre Benfica e FCPorto.

Ao Barcelona basta, por isso, imitar o resultado dos merengues, que ainda estão a recuperar da eliminação na Liga dos Campeões, em casa, com a Juventus. A jornada chegou a estar em risco devido à greve dos clubes, com base na discussão do contrato de direitos de transmissão, mas a bola vai mesmo rolar.

França Vítor Pereira e Mourinho são campeões e Jorge Jesus, Villas-Boas e Paulo podem imitá-los, mas Leonardo Jardim não conseguirá fazer o mesmo com o Monaco, que já não será mais do que terceiro classificado. A duas jornadas do fim, a vantagem de seis pontos do PSG sobre o Lyon garante que só um imprevisto muito grande faria com que a festa escapasse à equipa de Laurent Blanc e Zlatan Ibrahimovic. Os jogos estão marcados para este sábado às 20h00 e os parisienses só precisam de um empate no terreno do Montpellier.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×