16/9/19
 
 
Alemanha 'espicaça' Grécia com referendo ao Euro
Wolfgang Schauble isntou os gregos a avançarem com um referendo

Alemanha 'espicaça' Grécia com referendo ao Euro

Wolfgang Schauble isntou os gregos a avançarem com um referendo Vanden Wijngaert/AP Jornal i 11/05/2015 16:20

Ministro está a perder paciência com a falta de progressos nas negociações com a Grécia.

O ministro alemão das Finanças desafiou, esta segunda-feira, o governo grego a avançar com um referendo sobre o acordo com os parceiros europeus para o pagamento da sua dívida.

Wolfgang Schäuble falava antes de mais uma reunião do Eurogrupo, da qual é quase certo não sair ainda um acordo final.

“Se o Governo grego acha que deve fazer um referendo, então que faça um referendo", disse o ministro das Finanças alemão.

Schäuble diz que pode ser útil deixar os gregos decidir “se estão dispostos a aceitar o necessário, ou se querem algo diferente".

A falta de progressos nas negociações está já a exasperar o ministro alemão, cuja crescente impaciência se vê já nestas declarações.

Já Yanis Varoufakis, que também falou à entrada da reunião do Eurogrupo, mostrou-se mais confiante num possível entendimento e acredita ser possível chegar um acordo "nos próximos dias".

Esta terça-feira, Atenas terá de pagar mais 770 milhões ao FMI, obrigação que o ministro grego garantiu que não vai falhar.

"A Grécia vai sempre cumprir com as suas obrigações aos credores, e vamos obviamente fazê-lo também amanhã", disse Varoufakis à Euronews. Sobre o Banco Central Europeu (BCE), afirmou que espera que a instituição "faça o seu trabalho".

Note-se que os dois ministros se encontraram a sós antes da reunião, mas nem isso parece ter aproximado as duas posições.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×