10/4/21
 
 
O pai da Frente Nacional foi suspenso do partido que fundou

O pai da Frente Nacional foi suspenso do partido que fundou

DR Jornal i 04/05/2015 21:10

Le Pen arrisca ainda perder o estatuto de presidente honorário do próprio partido.

O líder histórico da extrema-direita francesa, Jean-Marie Le Pen, foi suspenso da Frente Nacional (FN), anunciou esta segunda-feira em comunicado o partido agora dirigido pela sua filha, Marine Le Pen.

O comunicado acrescenta que o partido vai convocar uma assembleia partidária “nos próximos três meses” para decidir se lhe será retirado o seu actual estatuto de presidente honorário do partido.

O afastamento do co-fundador da FN foi decidido durante uma reunião do comité executivo do movimento, convocado para sancionar polémicas declarações feitas por Le Pen em Abril sobre o Holocausto e a imigração.

O líder histórico da extrema-direita francesa, 86 anos, tinha recusado comparecer hoje perante a mais alta instância do partido que deveria pronunciar-se sobre eventuais sanções dirigidas ao velho tribuno da direita radical.

Frente à sede do partido em Nanterre (zona Oeste de Paris), Le Pen reagiu: “O presidente-fundador da FN considera que é contrário à sua dignidade.”

Jean-Marie Le Pen está em conflito aberto com a sua filha, Marine, que voltou a desafiar em 2 de Abril ao retomar as declarações sobre as câmaras de gás, um “detalhe” da História, na sua perspectiva. Alguns dias mais tarde, criticou a democracia e insistiu na necessidade de “salvar a Europa boreal e o mundo branco”.

Com Lusa

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×