16/11/18
 
 
Vingadores. Os outros estragam, eles resolvem

Vingadores. Os outros estragam, eles resolvem

DR Tiago Pereira 30/04/2015 08:00

Os heróis da Marvel regressam para salvar o mundo. “A Era de Ultron” está nos cinemas.

No princípio, este filme tinha mais de três horas. Joss Whedon, o realizador, acabou por reduzir o produto final para umas duas e meia, vá. Provavelmente não por decisão própria, mas porque a dupla Marvel/Disney tem regras. Tudo o que acontece em “Vingadores: A Era de Ultron” tem de ser aprovado e cumprir determinados requisitos. Sorte a do filme que tanto autor como produtores estão de acordo: estes heróis são super e, se têm de salvar o mundo, então que o salvem em grande. Sobretudo quando é o segundo capítulo de uma franchise que deverá continuar a acompanhar-nos. Só boas notícias para os fãs e os que têm diplomacia para “talvez gostar”. E mais uma dose de azar para quem acha que superpoderes e força sem limites são coisas de quadradinhos e mais nada. 

Neste “Vingadores: A Era de Ultron”, o vilão é uma espécie de exterminador implacável, uma máquina com inteligência artificial que chega a uma brilhante conclusão: a missão é salvar a Terra; vai daí, o melhor é extinguir quem anda a minar tudo isto. Ultron é o nome do robô com ideias e é também o título de um programa de defesa mundial face a ameaças globais (Skynet, és tu?), criado com a bênção de TonyStark e Bruce Banner – as versões bem comportadas e criativas do Homem de Ferro e do Hulk. O que acontece depois é uma operação de salvamento planetária em formato espectáculo-visual. E se tudo correr como no primeiro “Vingadores”, vale mais juntar heróis do que deixá-los sozinhos. 
Por falar em heróis, antes de entrar na sala de cinema, recorde os protagonistas e o mau da fita. Quem os apresenta é Vasco Lopes, da loja BD Mania, em Lisboa. Nada como um especialista para nos explicar ao que vamos.

Homem de Ferro. “Um milionário que não é uma versão Marvel do Batman mas quase poderia ser. Não tem um único poder, utiliza um fato para combater o crime. A personagem interpretada por Robert Downey Jr. é óptima mas, ao mesmo tempo, 
diferente do Tony Stark original da banda desenhada, que Não é tão brincalhão, é um alcoólico e um playboy. A seu favor tem o facto de ser um génio da biomecânica. Contra, tem as dependências.”

Thor. “É um deus, talvez o Vingador mais arrogante. Também tem aquele lado da força descomunal, tem o martelo mágico, consegue controlaR as tempestades, é quase invulnerável. Talvez a atitude seja o único ponto fraco, isso influencia tudo o resto que se passa à volta dele, condicionando os acontecimentos.”

Hawkeye. “Um pouco como Thor, tem aquele discurso de quem está sempre com a razão, é um engatatão. Corre-lhe sempre tudo muito bem, acaba por ser uma espécie de artista de circo.” 

Black Widow. “É uma espiã soviética. Não tem nenhum poder, faz apenas uso da agilidade e do conhecimento de artes marciais. Funciona mais como agente secreta.”

Capitão América. “A bandeira americana na segunda guerra mundial. Muitos não gostam dele por esse lado patriótico. Fica preso no gelo até à actualidade. Quando é descoberto, ainda tem a mesma mentalidade, um velho no corpo de um novo. Pontos fortes: Honra, lealdade, liberdade – talvez o mais importante. tem todas as capacidades físicas de uma pessoa normal, ampliadas a uma escala impensável graças a um soro especial.” 

Quicksilver. “Pertence ao universo dos X-Men, mas é um vingador. É filho do Magneto e é Mutante. provavelmente, isso não será referido no filme devido às questões de direitos de imagem, que são diferentes para cada grupo de heróis. puto mimado, viveu à sombra do pai, que é um dos mutantes mais fortes da história. é super-rápido, mexe-se e corre a uma velocidade anormal. Face ao pai, acaba por sentir-se como uma fraca figura.” 

Hulk. “Funciona um pouco como Dr. Jekyll e Mr. Hyde. É um cientista brilhante. só quando se transforma no Hulk é que a desgraça acontece. Pontos fortes: força e resistência. Pontos fracos: É facilmente manipulável. A fúria, quando está transformado, tambémé um problema.”

Scarlet Witch. “Irmã do Quicksilver mas muito mais interessante. É emocionalmente instável. uma das mutantes mais poderosas, consegue alterar a realidade. Uma das recentes histórias mais importantes da Marvel é o “House of M”, em que ela decide que 98% dos mutantes deixam de o ser.” 

Vision. “É um andróide que tem duas capacidades fora do normal. Ou endurece o corpo como se fosse um diamante ou então é leve e líquido como água, depende da situação. É muito inteligente e tem sentimentos humanos, apesar de ser uma máquina.”

Ultron. “No filme é construído pelo Tony Stark, mas na realidade, nas BD originais, quem o criou foi o Hank Pym, o alter ego do Ant Man – que também vai ter um filme em breve. Um cientista que também criou o Vision, outra das personagens destes Vingadores. O Ultron é feito de Adamantium, o material das garras dos Wolverine. Possivelmente, isso não aparece no filme, por causa da questão dos direitos de autor. É um dos vilões mais emblemáticos e antigos dos Vingadores, existe desde 1968. É super--inteligente, praticamente indestrutível.” 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×