21/9/18
 
 
Estoril Open. Ténis com sotaque português
João Sousa

Estoril Open. Ténis com sotaque português

João Sousa Gonzalo Fuentes/Reuters Pedro Miguel Neves 28/04/2015 15:08

Os três tenistas nacionais no quadro principal (F. Silva foi eliminado) entram hoje em acção. Gastão Elias defronta francês e João Sousa vs. Rui Machado é o prato forte do dia

ogo, set, encontro. Hoje vai-se ouvir mais português nos courts do Centro de Ténis do Estoril. Os três tenistas nacionais que estão em prova no Estoril Open entram em acção, com o jogo entre João Sousa e Rui Machado a ser o prato forte do calendário de terça-feira. Fora de campo ficará Frederico Silva, ontem eliminado por um dos cabeças-de-série do torneio, Gilles Muller. Mas a estreia em quadros principais ATP do jovem de 20 anos, n.o 274 do ranking ATP foi positiva. Silva obrigou o luxemburguês a aplicar-se a fundo para se apurar para a 2.a ronda. Otenista das CaldasdaRainha venceu o segundo set por 6-3 mas o 42.o do mundo fecharia o set decisivo por 6-1.

A partir das 15 horas, as bancadas do court central deverão estar compostas para ver o encontro entre João Sousa e Rui Machado. Curiosamente, é a primeira vez que os tenistas se defrontam em torneios do circuito mundial ATP. A única vez que os dois mediram forças foi no challenger de Roma, em 2012. Na altura, Machado precisou de 84 minutos para bater o compatriota, com os parciais de 6-4 e 6-0. Porém, na actualidade, Sousa é favorito. Oúnico português a vencer um torneio ATP ocupa a 57.a posição no ranking mundial, enquanto Machado, de 31 anos, está num modesto 227.o lugar.

Do sorteio da 1.a ronda resultou uma certeza:estará pelo menos um tenista português na fase seguinte. E quem vencer este encontro terá pela frente uma árdua tarefa:defrontar uma das surpresas do Estoril Open. É Borna Coric, que eliminou um dos cabeças-de-série do torneio, o francês Jeremy Chardy, 32.o do ranking. O croata, n.o 55 do mundo, não deu hipótese ao adversário, que o batera no início do ano no Open da Austrália. Coric venceu por 6-2 e 6-4 (1:23h) e já admitiu que “não vai ser fácil” defrontar um tenista local.

Gastão Elias é o primeiro jogador nacional a entrar em acção na 1.a ronda. O jovem – que acedeu ao torneio através de um wildcard da organização – jogará no court 2, às 12 horas, contra o francês Kenny De Schepper, um dos jogadores que saiu do qualifying.

Além dos portugueses, o público poderá ainda ver em acção dois dos jogadores mais interessantes presentes no Estoril Open. Às 12h30, no court central, o francês Richard Gasquet defronta o austríaco Marinko Matosevic. Após o encontro entre Sousa e Machado, é a vez do australiano Nick Kyrgios se estrear nos courts de terra batida do Estoril. Oaustraliano defronta o espanhol Albert Ramos-Vinolas.

Feliciano López, o primeiro cabeça-de--de série do Estoril Open, só inicia a sua prova amanhã. No entanto, o espanhol n.o 12 do mundo já ficou a conhecer o seu primeiro adversário:será o holandês Robin Haase (83.o), que bateu na 1.a ronda o lituano Ricardas Berankis.

mais nenhum Odia de ontem começou a expectativa de ver mais dois portugueses aceder ao quadro principal da competição. Porém, Frederico Gil e Pedro Sousa foram derrotados na última ronda do qualifying, falhando desta forma o acesso aos 28 em prova na 1.a ronda. O finalista do Estoril Open em 2010 perdeu com o austríaco Martin Fischer, ao fim de duas horas e 16 minutos. Gil venceu o 1.o set, por 6-4, mas perdeu os seguintes (3-6 e 4-6). Sousa caiu frente ao francês Constantin Lestienne em apenas dois sets, com os parciais de 7-5 e 7-6 (7-3).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×