26/5/20
 
 
Marega diz ter-se sentido "humilhado" com atitude dos adeptos do Guimarães

Marega diz ter-se sentido "humilhado" com atitude dos adeptos do Guimarães

AFP jornal i 17/02/2020 18:24

O jogador maliano já tinha alinhado pelo Vitória de Guimarães e diz nunca ter esperado viver esta situação no estádio Dom Afonso Henriques.

Moussa Marega reagiu aos insultos racistas de que foi alvo e que o levaram a abandonar o estádio Dom Afonso Henriques, em Braga, no jogo contra o Vitória de Guimarães. 

O jogador diz que "a situação está melhor" mas salienta que a noite de ontem foi "muito difícil", em declarações à emissora francesa RMC Sport. "Foi verdadeiramente difícil para mim. O jogo passou, fui para minha casa, vi os meus filhos, a minha família e, depois, li todas as mensagens que recebi. As pessoas deram-me um apoio incrível, senti-me melhor"

"Eles compreenderam a minha reação. Penso que, primeiro, ficaram chocados. Pediram-me para ter calma, mas eu disse-lhes que não conseguia jogar depois de tudo o que ouvi. Era mesmo impossível continuar, estava a ouvir insultos desde o início. Com o estádio inteiro a tratar-me mal, não era possível continuar a jogar", continou. 

O jogador maliano já tinha alinhado pelo Vitória de Guimarães e diz nunca ter esperado viver esta situação no estádio Dom Afonso Henriques. "Foi isso que mais me chocou. Jamais imaginei que me fizessem isso. Respeitei sempre o clube e os adeptos. Fiz alguns jogos, acabámos em quarto lugar, fizemos uma das melhores épocas da história do clube...".

Marega diz ter-se sentido "realmente uma m****.Foi, verdadeiramente, uma grande humilhação, tocou-me verdadeiramente», confessou.

Recorde-se que depois do jogador maliano ter marcado o segundo golo pelo FC Porto decidiu abandonar o relvado, devido aos comentários e cânticos racistas por parte dos adeptos do Guimarães.

Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa já vieram a público condenar a situação e a atitude dos adeptos minhotos. O Ministério Público já abriu um inquérito para analisar o episódio racista que ocorreu este domingo. A PSP já anunciou que está a analisar as imagens de videovigilância” para identificar os adeptos que participaram nos cânticos racistas".

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×