20/4/19
 
 
EDP desmente Governo e não abre mão de indemnização

EDP desmente Governo e não abre mão de indemnização

Jornal i 16/04/2019 18:43

EDP regiu às declarações do ministro do Ambiente e da Transição Energética

A EDP reagiu esta terça-feira ao anúncio do Governo sobre a não construção da barragem do Fridão, esclarecendo que “a eventual decisão de não construir o Aproveitamento Hidroelétrico do Fridão (AH Fridão) é da total responsabilidade do Governo”, lê-se num comunicado enviado pela EDP.

“Em nenhum momento a EDP admitiu a possibilidade de não avançar com a construção do AH Fridão sem que lhe fosse devolvido o montante pago ao Estado, em janeiro de 2009, como contrapartida financeira pela sua exploração por 75 anos”, lê-se ainda.

Esta é uma reação às declarações do ministro do Ambiente e da Transição Energética, Matos Fernandes, que avançou que a EDP não deverá ter direito a indemnização, uma vez que chegou a mostrar desinteresse pela construção da barragem.

No comunicado a EDP avança ainda estar disponível para “de forma construtiva e com base num diálogo de boa-fé entre as partes, encontrar uma solução, deixando claro que não abdicará dos seus direitos, nem dos mecanismos de que dispõe para a defesa dos mesmos”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×