19/9/20
 
 
Málaga. Resgate de Julen custou 700 mil euros

Málaga. Resgate de Julen custou 700 mil euros

AFP Photo Jornal i 19/02/2019 20:37

Operações duraram 13 dias

O porta-voz do governo espanhol revelou esta terça-feira que o Estado gastou cerca de 700 mil euros no resgate de Julen, o menino de dois anos que caiu num poço em Málaga.

Elías Bendodo, que é também conselheiro do governo regional de Andaluzia, informou que será a Câmara de Andaluzia a suportar todos os custos.

Recorde-se que as operações de resgate duraram 300 horas e foi levada a cabo por mais de 300 pessoas. Ao todo, foram removidos mais de 85 mil metros cúbicos de terra para tentar chegar ao menino de dois anos.

O jornal Diário Sur revela ainda que a Câmara de Andaluzia vai conceder uma medalha à equipa de resgate, com o objetivo de reconhecer o seu trabalho ao longo de 13 dias.

Julen caiu num poço em Totalán, Málaga, no passado dia 13 de janeiro. Acabou por ser resgatado sem vida, a 71 metros de profundidade – a autópsia revelou que o menino de dois anos morreu no dia em que caiu. Foi uma “queda livre e rápida”. A autópsia revelou que Julen sofreu um "traumatismo cranioencefálico grave" e "politraumatismos compatíveis com a queda".

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×