20/2/19
 
 
Violência do namoro. Mais de metade dos jovens já foi vítima e a maior parte acha natural

Violência do namoro. Mais de metade dos jovens já foi vítima e a maior parte acha natural

Jornal i 14/02/2019 07:29

"se o teu namorado ou namorada tem atitudes que te deixam desconfortável, com o objetivo de te controlar, dominar ou humilhar, isso é um sinal de que algo está errado e isso não é um namoro a sério"

Mais de metade dos jovens que namoram ou namoraram consideram natural alguns comportamentos de violência por parte do companheiro.

No dia dos Namorados, esta quinta-feira, o Governo apresenta a campanha '#NamorarMemeASério' pelo fim da violência no namoro e são apresentadas as conclusões do estudo nacional sobre a violência no namoro, levado a cabo pela União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), com o apoio da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.

"58% de jovens que namoram ou já namoraram reportam já ter sofrido pelo menos uma forma de violência por parte de atual ou ex-companheiro/a", refere um comunicado do gabinete da secretária de Estado, citado pela agência Lusa, que avança algumas das conclusões do Estudo Nacional sobre a Violência no Namoro 2019.

Ainda assim, "67% de jovens consideram como natural algum dos comportamentos de violência", demonstrando o estudo que existe  uma "elevada prevalência e legitimação de formas especificais de violência".

Estão em causa casos de violência psicológica, violência exercida através das redes sociais ou atitudes de controlo, seja sobre vestuário, hábitos de convívio ou outros comportamentos.

A campanha do Governo, lançada em conjunto com várias organizações não governamentais (ONG) e federações académicas, além da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG), tem várias figuras públicas e influenciadores digitais a alertar sobre o tema.

O objetivo é alertar para sinais de violência através de mensagens como: "se não gosta que uses maquilhagem", "se a discussão acaba sempre com uma ameaça", "se te humilha frente a outras pessoas", "quando te proíbe de falar com outras pessoas", "se o teu namorado ou namorada tem atitudes que te deixam desconfortável, com o objetivo de te controlar, dominar ou humilhar, isso é um sinal de que algo está errado e isso não é um namoro a sério".

A campanha realça ainda que cabe a todos denunciar a violência, já que este é um crime público.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×