19/12/18
 
 
Homem foge da prisão e vinte minutos depois é morto por mulher que ameaçou

Homem foge da prisão e vinte minutos depois é morto por mulher que ameaçou

Jornal i 06/12/2018 15:30

Polícia norte-americana elogia mulher, dizendo que ela é uma heroína

Um norte-americano de 30 anos atacou dois guardas prisionais de uma cadeia na Carolina do Sul, onde estava a cumprir pena, e conseguiu fugir, na companhia de outro prisioneiro.

Durante a fuga, os dois fugitivos separaram-se para dificultar a sua captura. Apesar desta estratégia, 20 minutos depois terem sido acionados os alarmes, os serviços de emergência receberam duas chamadas sobre os prisioneiros quase em simultâneo.

Uma das chamadas dizia respeito à presença de um homem de macacão cor de laranja, graças a esta ligação a polícia conseguiu apanhar Timothy Dill.

A segunda chamada foi feita por uma mulher que informava ter disparado contra um homem que tinha entrado em sua casa e que a tinha ameaçado.

Quando as autoridades chegaram ao local, Bruce McLaughlin Jr estava estendido no chão com um ferimento de bala na cabeça. O óbito foi declarado no hospital.

Mais tarde, as autoridades elogiaram a reação da autora do disparo. "Poucas pessoas, até mesmo polícias, teriam esta atitude. Esta mulher é uma espécie de heroína para nós", disse o xerife do condado de Pickens, durante a conferência de imprensa.

Bruce McLaughlin Jr, o prisioneiro que morreu, estava a cumprir uma pena por roubo agravado, enquanto Timothy Dill estava preso por ataque sexual a menores, e agora volta a ficar atrás das grades, com pelo menos seis novas acusações relacionadas com a fuga da prisão.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×