19/6/19
 
 
EUA. Serviços Secretos negam que tenha sido intercetada bomba que tinha como alvo Casa Branca

EUA. Serviços Secretos negam que tenha sido intercetada bomba que tinha como alvo Casa Branca

Dreamstime Jornal i 24/10/2018 15:37

Casas de Barack Obama e Hillary Clinton foram as únicas que foram alvo de tentativa de ataque

A CNN tinha avançado inicialmente que as autoridades intercetaram, esta quarta-feira , um engenho explosivo endereçado para a Casa Branca, residência oficial do presidente dos EUA, mas a informação já foi negada pelos Serviços Secretos, que informaram que apenas foram intercetados dois engenhos explosivos: um na casa do antigo presidente Barack Obama e um outro na casa da antiga Secretária de Estado, Hillary Clinton. 

No entanto, foi detetado um explosivo no edifício da CNN.

 


Recorde-se que esta quarta-feira, os serviços secretos dos EUA anunciaram que foram encontrados dois "pacotes suspeitos" nos correios de casa de Barack Obama e da antiga secretária de Estado e candidata à presidência, Hillary Clinton.

De acordo com o New York Times, os pacotes continham engenhos explosivos semelhantes aos que foram encontrados no correio de casa do multimilionário George Soros, ontem à noite.

Não houve quaisquer vítimas envolvidas nestes três incidentes, e sabe-se que o engenho explosivo encontrado em casa do multimilionário, em Nova Iorque, foi detetado por um funcionário e depois detonado pelas autoridades competentes.

A polícia local confirmou ainda que se tratava de uma bomba de fabrico artesanal.

"No dia 23 de Outubro de 2018 à noite, os Serviços Secretos recuperaram um pacote endereçado à antiga primeira Dama Hillary Clinton em Westchester County, Nova Iorque. Esta manhã, dia 24 de Outubro de 2018, os Serviços Secretos interceptaram um segundo pacote endereçado ao antigo Presidente Barack Obama, em Washington D.C.", pode ler-se no comunicado emitido pelos serviços secretos norte-americanos, que foi partilhado pela jornalista da CNN, Elizabeth Landers.

A Casa Branca também já reagiu aos incidentes e condena as tentativas de ataques violentos. 

"Condenamos as tentativas de ataques violentos contra o Presidente Obama, o Presidente Clinton, a Secretária Clinton e outras figuras públicas. Esses atos terroristas são desprezíveis, e qualquer responsável será PUNIDO em toda a extensão da lei. Os Serviços Secretos dos Estados Unidos e outras agências de aplicação da lei estão a investigar e tomarão todas as medidas apropriadas para proteger qualquer pessoa ameaçada por esses covardes. ”

 

EUA
Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×