18/10/18
 
 
Adeptos racistas do Chelsea vão para Auschwitz

Adeptos racistas do Chelsea vão para Auschwitz

13/10/2018 12:13

O Chelsea adotou uma medida revolucionária para os adeptos que tenham comportamentos racistas.

Em de expulsar os jogadores do estádio e do Chelsea, a equipa de Londres pretende implementar uma medida inovadora como forma de combate ao racismo no clube.

Assim, o Chelsea vai passar a dar duas opções aos adeptos: uma viagem educacional a Auschwitz, ou perda de bilhetes para a época.

"Se simplesmente expulsarmos as pessoas, nunca vamos mudar o seu comportamento. Esta política dá-lhes a oportunidade de perceber o que fizeram e que decidam comportar-se melhor. No passado, expulsávamo-los do estádio e eram banidos até três anos", disse o CEO do clube ao The Sun.

"É difícil agir quando um grupo de 50 ou 100 pessoas está a cantar. É praticamente impossível controlar ou tentar arrastá-los para fora do estádio", disse o CEO Bruce Buck.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×