15/7/20
 
 
Como é que Luís Grilo foi morto

Como é que Luís Grilo foi morto

Jornal i 30/09/2018 12:50

Triatleta estaria deitado na cama quando foi baleado na cabeça

Os principais suspeitos do homicídio de Luís Grilo, atualmente em prisão preventiva, terão matado o triatleta no quarto da casa de família depois de o agrediderm.

Rosa Grilo e António Joaquim, que manteriam uma relação extraconjugal, terão tentado limpar as marcas do crime, mas a Polícia Judiciária, avança o Jornal de Notícias, encontrou vestígios de sangue numa parede do quarto de Luís Grilo quando procedeu às buscas à casa do casal, na quarta-feira passada, antes de os suspeitos terem sido detidos.

O engenheiro informático, de 50 anos, estaria deitado na cama quando foi baleado, a sangue-frio, depois de ter sido agredido, segundo o mesmo jornal.

A ligação a António Joaquim foi estabelecida com recurso a perícias balísticas, a autópsia revelou uma bala alojada no crânio da vítima, bala essa que tinha sido disparada por uma arma registada no nome do alegado amante de Rosa Grilo, um funcionário do Campus de Justiça em Lisboa.

Já a mulher de Luís Grilo terá deixado vestígios de ADN no saco que tapava a cabeça da vítima, quando esta foi encontrada, mais de um mês depois do seu desaparecimento a dezenas de quilómetros de casa.

As autoridades acreditam que o homicídio foi premeditado e que terá como móbil um seguro de vida em nome de Luís Grilo, cuja apólice foi alterada pela mulher dias antes do crime.

Sublinhe-se que os dois suspeitos vão aguardar pelo julgamento na prisão, tendo sido aplicada a medida de coação mais gravosa, neste sábado.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×