17/11/18
 
 
Gabão. José Antonio Camacho despedido

Gabão. José Antonio Camacho despedido

Bruno Venâncio 12/09/2018 17:21

Antigo treinador do Benfica somou apenas duas vitórias em 17 jogos à frente da seleção africana

José Antonio Camacho já não é o selecionador do Gabão. Segundo relata a agência AGP, o antigo treinador do Benfica foi demitido após renião com o presidente da federação gabonesa, Pierre-Alain Moungengui, e o Ministro do Desporto daquele país africano, Alain-Claude Bilié-By-Nzé.

Camacho, que orientou com sucesso os encarnados em 2002/03 e 2003/04, vencendo uma Taça de Portugal (registou ainda outra passagem pela Luz em 2007/08, essa já menos bem sucedida), assumiu o cargo de selecionador da equipa gabonesa no fim de 2016, sucedendo ao português Jorge Costa. O registo, porém, ficou muito aquém das expetativas: em 17 jogos, registou oito empates, sete derrotas e apenas duas vitórias.

A gota de água acabou por ser esta última data internacional. No sábado, o Gabão, que já havia sido derrotado pelo Mali a 10 de junho, não foi além de um empate em casa com o Burundi (1-1), ficando em maus lençóis no apuramento para a Taça das Nações Africanas (CAN). A esse mau resultado somou-se ainda uma derrota caseira com a Zâmbia, num particular realizado esta terça-feira, que ditou o adeus do antigo internacional (e selecionador) espanhol.

Além do Benfica e das seleções de Espanha e do Gabão, José Antonio Camacho orientou já Real Madrid (duas ocasiões), Rayo Vallecano, Espanhol (duas ocasiões), Sevilha, Osasuna e a seleção da China.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×