21/11/18
 
 
Operação Marquês. José Sócrates pede abertura de instrução

Operação Marquês. José Sócrates pede abertura de instrução

João Porfírio Jornal i 07/09/2018 14:02

O ex-primeiro-ministro pediu, na quinta-feira à noite, a abertura de instrução do processo 

A defesa de José Sócrates entregou ontem, quinta-feira, o requerimento de abertura de instrução do processo Operação Marquês, escreve o Observador. 

O prazo para dar entrada dos pedidos de abertura de instrução terminou esta terça-feira, mas era possível, ainda assim, entregar até quinta-feira, estando a entrega deste requerimento sujeita a multa. 

Os advogado de José Sócrates querem assim que um juiz de instrução olhe para os factos da acusação e decida se o caso vai - ou não - para julgamento.

Recorde-se que esta terça-feira, Ricardo Salgado decidiu não pedir a abertura de instrução, alegando que está impedido de se defender por falta de segurança dos ficheiros das escutas e por existir uma grande probabilidade de ser o juiz Carlos Alexandre a dirigir a instrução.

Os arguidos Henrique Granadeiro, Zeinal Bava, Carlos Santos Silva, Armando Vara, Bárbara Vara, Joaquim Barroca, do Grupo Lena, Sofia Fava, Rui Mão de Ferro, Gonçalo Ferreira, Hélder Bataglia, Diogo Gaspar, o primo de Sócrates, José Paulo, José Diogo Ferreira, a Pepelan, o grupo Lena e a sociedade Vale do Lobo Resort Turístico de Luxo e agora José Sócrates emitiram os pedidos de abertua de instrução. 

Ao todo, são 28 os arguidos no processo e na próxima semana será sorteado o juiz que fica responsável pela instrução do processo: Carlos Alexandre ou Ivo Rosa.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×