22/9/18
 
 
Portugal-Croácia. Afinar para a prova maior

Portugal-Croácia. Afinar para a prova maior

Juan Mabromata / AFP Laura Ramires 06/09/2018 11:37

Jogo entre a atual campeã da europa e a vice-campeã do mundo é o teste derradeiro antes da estreia portuguesa na Liga das Nações. CR7, já se sabe, está duplamente de fora

Sessenta e sete dias depois de ter sido eliminada do Mundial2018, nos oitavos de final da competição, pelo Uruguai, a Seleção nacional volta a entrar em ação. O Portugal-Croácia, agendado para esta noite [19h45], no Estádio do Algarve, marca, por isso, o regresso da comitiva lusa aos trabalhos, num encontro que antecede, de resto, a verdadeira prova de fogo para a equipa das Quinas: a Liga das Nações, cuja estreia portuguesa acontecerá no dia 10 de setembro (segunda-feira). 

Assim, o conjunto português procura, esta quinta-feira, afinar os últimos detalhes para a prova da UEFA na partida com a Seleção que segura o estatuto de vice-campeã mundial. Esta será a quinta vez que as duas formações se defrontam sendo que até agora Portugal tem um registo 100% vitorioso. Além disso, também é de notar que a Croácia nunca conseguiu marcar golos à formação lusa. 

A última vez que as duas equipas cruzaram caminho foi há dois anos, nos ‘oitavos’ do Euro2016, que viria a sagrar Fernando Santos e companhia campeões. No encontro que antecedeu os quartos-de-final da prova que decorreu em solo francês, Ricardo Quaresma, já no prolongamento (117minutos), seria o autor do único golo da partida. Antes, mais precisamente três anos antes, em 2013, Portugal havia vencido a congénere da Croácia precisamente pelo mesmo resultado: 1-0. À data, num particular realizado na cidade suíça de Genebra, foi o capitão português Cristiano Ronaldo a fazer o golo do triunfo luso. De referir que tanto Quaresma (Besiktas) como CR7 (Juventus) não foram convocados para o jogo em solo algarvio como para o ataque à Liga das Nações - já lá vamos. Já a vitória de 2005 foi ligeiramente mais segura, por 2-0. Tal como em 2013 e no jogo de hoje, a partida era de cariz amigável. Naquele ano, os golos foram apontados por Petit e Pauleta. 

Por último, é preciso recuar até 1996 para encontrar o primeiro embate entre as duas seleções: portugueses e croatas mediram forças na última jornada do grupo D do Europeu de 1996, em Nottingham, em Inglaterra. Portugal venceu por 3-0   (golos de Luís Figo, João Vieira Pinto e Domingos), naquele que continua a ser o melhor resultado luso diante dos croatas até ao momento, embora, note-se, naquele jogo, a equipa das Quinas tenha encontrado uma seleção sem as suas principais figuras já que a Croácia já tinha carimbado a passagem à fase seguinte da competição. Todavia, o triunfo permitiu ao conjunto português assegurar a liderança daquele agrupamento tendo sido, porém, eliminado na fase imediatamente seguinte, referentes aos quartos-de-final do Europeu de 1996, pela República Checa. 

 

Os convocados

Fernando Santos divulgou na sexta-feira os convocados para o encontro deste particular e para a estreia portuguesa na Liga das Nações, diante da Itália, no Estádio da Luz.

A ausência de Cristiano Ronaldo ficou confirmada, depois de já se saber que o avançado português tinha pedido ao selecionador para não ser convocado de maneira a estar totalmente focado nos compromissos da Juventus. Além de CR7, Nélson Semedo (Barcelona), José Fonte (Fulham), Anthony Lopes (Lyon), João Mário (Inter de Milão), Ricardo Quaresma e João Moutinho (Wolverhampton) são as outras baixas. Em sentido inverso, destaque para a chamada de Cláudio Ramos (Tondela) para a baliza, a grande surpresa, aliás, desta lista. Na defesa, Pedro Mendes (Montpellier) está nos eleitos a par de Luís Neto (Zenit São Petersburgo) e Rúben Dias (Benfica). No meio-campo é onde é possível encontrar mais novidades - estreia para Gedson Fernandes (Benfica) e Sérgio Oliveira (FC Porto) e regresso de Pizzi (Benfica) e Renato Sanches (Bayern de Munique) aos escolhidos de Fernando Santos. Na frente, Bruma (RB Leipzig) e Rony Lopes (AS Mónaco) são as novidades em relação ao Mundial 2018.

Ontem, a seleção nacional realizou o último treino de adaptação ao relvado do Estádio Algarve, sendo que o lateral-esquerdo Raphaël Guerreiro foi o único dos 24 jogadores convocados por Fernando Santos que não esteve presente, devido a uma mialgia numa perna, informou a assessoria da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

 

Portugal na Liga das Nações

A nova prova da UEFA, que conhece este ano a sua primeira edição, é uma espécie de Champions de seleções que reúne os 55 países membros da UEFA. Este ano, a prova irá decorrer de setembro a novembro de 2018 (fase de grupos) e junho de 2019 (fase final). De notar que a prova também servirá como parte do processo de qualificação para o Campeonato Europeu de Futebol de 2020: quatro das 24 seleções presentes no Euro 2020 vão sair desta competição.

Portugal está integrado no Grupo 3 da prova juntamente com a Itália e Polónia. Recorde-se que este será o regresso da seleção italiana aos relvados depois de ter ficado de fora do Mundial, pela primeira vez em 60 anos. Já os polacos tornaram-se a primeira seleção europeia a ser eliminada do Mundial2018, perdendo por 2-1 com o Senegal e 3-0 com a Colômbia. Numa altura em que já estavam eliminados, a formação polaca garantiu o seu único triunfo na prova (1-0) ante o Japão. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×