25/9/18
 
 
F1. Fernando Alonso retira-se no final da temporada: “hora de mudança e seguir em frente”

F1. Fernando Alonso retira-se no final da temporada: “hora de mudança e seguir em frente”

Laura Ramires 14/08/2018 18:13

Próximo destino do piloto espanhol pode ser a Fórmula Indy, uma vez que o automobilista já mostrou a ambição de conquistar a Tripla Coroa

O Campeonato do Mundo da Fórmula 1 (F1) está de férias, a cumprir a habitual pausa de verão, mas, esta terça-feira, o piloto espanhol Fernando Alonso voltou todas as atenções para a categoria principal do automobilismo. Depois de um longo período de especulação sobre o possível adeus do piloto à competição, durante a tarde de hoje, chegou a vez do espanhol confirmar a sua retirada no final desta temporada.

Aos 37 anos, Alonso (McLaren) encontra-se atualmente a cumprir a 17.ª temporada na F1, prova em que acumulou 32 vitórias, 22 pole positions e 97 pódios até o momento. A primeira aparição do espanhol aconteceu no Grande Prémio da Austrália de 2001, pela Minardi, embora tenha sido pela Renault que alcançou o bicampeonato mundial, em 2005 e 2006. Além dos dois títulos, sagrou-se ainda vice-campeão por três vezes, em 2010, 2012 e 2013, pela Ferrari. 
“Depois de 17 anos maravilhosos neste desporto incrível, é hora de fazer uma mudança e seguir em frente. Aproveitei cada minuto dessas incríveis temporadas e não tenho como agradecer a todas as pessoas que contribuíram para torná-las tão especiais”, declarou, revelando que a decisão foi tomada “há uns meses”.

De resto, este anúncio chega numa altura em que estão cumpridas 12 das 21 provas que integram este Mundial. Alonso encontra-se atualmente na 9.ª posição na geral, que é liderada pelo britânico Lewis Hamilton (Mercedes). Assim sendo, o máximo que o espanhol pode alcançar na sua temporada de despedida é o título não-oficial da F1 B, num momento em que está a oito pontos de distância do alemão Nico Hülkenberg (Renault). Apesar deste cenário, o espanhol garantiu que vai participar “com mais comprometimento e paixão do que nunca” nos Grandes Prémios que faltam disputar. A próxima corrida acontece ainda este mês, no dia 26 de agosto, na Bélgica, e a última jornada está agendada para dia 25 de novembro, em Abu Dhabi, no circuito de Yas Marina.

Embaixador da F1 Ainda antes das declarações do espanhol, foi a McLaren, equipa atual de Alonso, a tornar pública a decisão do piloto. Zak Brown, diretor da equipa inglesa, lembrou que Alonso será sempre um embaixador da equipa e do automobilismo. “Fernando não só é um embaixador fora de série da McLaren, como também da F1. Foram 17 anos no desporto, podendo ser considerado o grande piloto da sua geração e certamente um dos grandes da F1”, comentou. 
Com a confirmação da sua retirada o próximo destino do piloto pode mesmo vir a ser a Fórmula Indy, uma vez que Fernando Alonso já mostrou o desejo em vencer a Indy 500 e assim conquistar a Tripla Coroa: ganhar o GP do Mónaco de F1, as 24H de Le Mans e a Indy 500.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×