20/9/18
 
 
Caso Robles. Vizinhos apresentaram queixa contra obras no prédio

Caso Robles. Vizinhos apresentaram queixa contra obras no prédio

Jornal i 01/08/2018 12:01

Vizinhos queixam-se de terem perdido luz natural, a vista para o Tejo e para a Rua do Terreiro do Trigo, com o acrescento do piso no imóvel do bloquista
 

Os vizinhos do prédio das traseiras do ex-vereador Ricardo Robles, na Rua Terreiro do Trigo, em Alfama,  apresentaram queixa enquanto eram realizadas as obras de reabilitação do edifício. A queixa foi apresentada pelos proprietários de um edifício localizado na zona das Alcaçarias do Mosteiro.

De acordo com a notícia avançada pelo Diário de Notícias, os vizinhos apresentaram uma queixa relativa ao acrescento de mais um andar, à construção de chaminés, o telhado de duas águas e a construção que se sobrepõe à Muralha Fernandina. De acordo com a participação, estas alterações estavam a prejudicar as suas propriedades.

De acordo com a fonte, houve reuniões entre os vizinhos e Ricardo Robles, em que este se apresentou sempre sozinho e como dono do imóvel. Contudo, nunca se chegou a qualquer consenso. Os proprietários do edifício localizado na zona das Alcaçarias do Mosteiro decidiram avançar com uma queixa à Câmara Municipal de Lisboa, pedindo o embargo e suspensão das obras e a reapreciação do alvará.

A autarquia acabou por dar razão a Ricardo Robles que, na altura, já desempenhava o seu papel como representante do bloco na autarquia. De acordo com a CML, as obras de reabilitação cumpriam com os parâmetros do Plano de Urbanização do Núcleo Histórico de Alfama e Colina do Castelo.

Neste momento, os proprietários queixaram-se ao DN de terem falta de luz natural e terem perdido a vista para o Tejo e para a Rua do Terreiro do Trigo, uma das mais-valias da propriedade.

De acordo com o DN, as obras que Ricardo Robles tinha dito que tinham sido pertença da CML, na verdade não o eram.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×