21/11/18
 
 
MP pede prisão preventiva para 54 dos 59 detidos dos Hells Angels

MP pede prisão preventiva para 54 dos 59 detidos dos Hells Angels

Facebook Jornal i 16/07/2018 11:30

Apenas oito dos detidos escapam ao pedido de prisão preventiva, mas Juiz deve ainda decidir hoje.

O Ministério Público pediu, esta segunda-feira, a medida de coação máxima para praticamente todos os detidos do caso dos Hells Angels numa sessão que decorre no Campus da Justiça, em Lisboa, desde as 09h30 desta manhã. 

O tribunal ainda deverá ouvir os advogados de defesa hoje, mas não se sabe se a juíza vai proferir o despacho das medidas de coação. 

Para já, dos 59 detidos, apenas cinco deverão escapar ao pedido de prisão preventiva, mas o juiz ainda poderá decidir hoje. 

Recorde-se que, em causa estão “tentativas de homicídio, de roubo, de ofensas à integridade física qualificada, crimes de dano e associação criminosa, que em si mesmo também é ilícito penal”. "Achamos que isto foi uma machada no grupo", disse ainda a coordenadora acrescentando que as buscas permitiram "identificar todos os indivíduos que apoiam e que têm atividade em comum" com o grupo motard, referiu a Polícia Judiciária em conferência de imprensa. 

Os detidos são todos do sexo masculino, têm entre os 30 e os “50 e tal anos”, e cinco deles são estrangeiros – alemães e um finlandês. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×