24/9/18
 
 
Testes do Facebook podem ter exposto informação de mais de 120 milhões de pessoas

Testes do Facebook podem ter exposto informação de mais de 120 milhões de pessoas

Shutterstock Jornal i 29/06/2018 12:01

Costuma fazer testes de identidade no Facebook?

O hacker ‘ético’, Inti De Ceukelaire, publicou um artigo na página Medium, esta quarta-feira, com os detalhes sobre uma fuga de informação devido aos famosos testes de personalidade do Facebook.

Inti começou a sua investigação com a página de testes Nametestes.com, que diz ter mais de 120 milhões de utilizadores, e enquanto esperava que o teste carregasse no site, o hacker notou que a página estava a retirar informações do seu perfil e que a Nametests era apenas uma via, o que significa que a sua informação estava a ser partilhada com outra entidade para além da página de testes.

Depois disso, fez um teste para verificar o quão fácil seria roubar a informação de alguém, ligando um website ao Nametests.com. Inti conseguiu ver queuma visita a esse tal site que inventou, seria o suficiente para outra entidade ter acesso à informação pessoal do perfil do Facebbok, estando disponível durante dois meses.

Segundo o artigo, mesmo que alguém apagasse a aplicação, a Nametests consegue continuar a revelar a sua identidade. As informações expostas por estes websites incluem identificação, género, data de nascimento, foto de perfil, que aparelhos usa para aceder ao Facebook, localização, etc.

O hacker diz que a única maneira de prevenir a fuga de informação seria mesmo apagar manualmente todos os cookies que tem no computador.  

Neste momento não é possível saber quantas pessoas terão sido afetadas com esta fuga das suas informações desde o lançamento do site, em 2015.

O hacker decidiu doar 4.000 dólares à Fundação da Liberdade de Expresão da Imprensa, uma vez que uma das suas causas é a luta pela segurança digital.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×