21/9/18
 
 
DBRS melhora 'rating' do Novo Banco, que se mantém no 'lixo'

DBRS melhora 'rating' do Novo Banco, que se mantém no 'lixo'

Jornal i 03/05/2018 15:44

A agência de notação financeira "continua a reconhecer os desafios que o banco enfrenta, particularmente em relação à qualidade dos ativos que detém e à sua rentabilidade".

A DBRS melhorou o ‘rating’ atribuído ao Novo Banco de ‘CCC’ (alto) para ‘B’ com perspetiva positiva. Apesar de ver melhorias no banco, a agência de notação financeira ainda o mantém num nível de ‘lixo’.

"A revisão em alta do 'rating' de longo prazo do Novo Banco para 'B' tem em consideração o reforço do capital e as melhorias na capacidade de financiamento e na posição de liquidez", afirma a DBRS num comunicado.

A agência tem em consideração também a melhoria do perfil de risco do banco, sobretudo devido à aceleração da redução do crédito não performativo (NPL) e ao reforço dos níveis de cobertura destes ativos problemáticos.

No entanto, "continua a reconhecer os desafios que o banco enfrenta, particularmente em relação à qualidade dos ativos que detém e à sua rentabilidade", incluindo uma "qualidade muito fraca de ativos com um rácio de NPL muito elevado" que, apesar das melhorias, coloca o Novo Banco numa posição inferior do que a maioria dos bancos europeus.

A perspetiva positiva atribuída ao 'rating' sinaliza uma nova revisão em alta numa próxima avaliação e a DBRS justifica-a com a expectativa de que, "com o apoio da Lone Star e do Mecanismo de Capital Contingente, o banco fique numa melhor posição para acelerar a limpeza dos seus balanços", através da redução dos NPL, melhoria da eficiência e o fortalecimento da posição em Portugal, onde continua a ter uma posição de liderança junto das pequenas e médias empresas e segmentos empresariais.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×