21/9/18
 
 
Surf. Ação de limpeza de praia recolheu 100 quilos de lixo

Surf. Ação de limpeza de praia recolheu 100 quilos de lixo

Mafalda Azevedo Jornal i 02/05/2018 14:45

Iniciativa da Fundação PT terá seguimento no Renault Porto Pro nos próximos dias 4 a 6 de maio.

A iniciativa inaugural, na Ericeira, das limpezas concertadas de praia a nível nacional que decorrem durante a Liga MEO Surf teve como resultado final a recolha de aproximadamente 100kg de lixo, com especial incidência no plástico (99%). Com o apoio da Fundação PT, esta primeira ação contou com a participação de cerca de 200 alunos da Escola EB 2+3 da Ericeira, com idades compreendidas entre os 10 e 15 anos, juntando-se ainda a participação adicional de vários voluntários.

Declarações de Graça Rebocho, diretora da Fundação PT
“O resultado deste primeiro momento de limpeza de praias realizado na Ericeira, com a recolha de 100kg de lixo vem confirmar a aposta da Fundação PT ao escolher apoiar este ano a Associação Nacional de Surfistas na realização destas iniciativas de consciencialização para a preservação do meio ambiente, paralelas à Liga MEO Surf. E, a participação ativa de 200 alunos, tanto na recolha como na seleção e reaproveitamento lúdico e artístico de lixos marinhos, vem reforçar o objetivo da Fundação PT de ajudar a preservar o equilíbrio ecológico destas praias, ao motivar os jovens e, pelo exemplo, os menos jovens, a adotarem este tipo de comportamentos no seu dia-a-dia.”

Com as tempestades de inverno que se têm feito sentir, e apesar dos inúmeros esforços das Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, a presença de lixo nas praias é uma realidade que requer o envolvimento de todos, estando já prevista uma segunda iniciativa de limpeza por ocasião da 2ª etapa da Liga MEO Surf, nos próximos dias 4 a 6 de Maio na Praia de Matosinhos.

Relembramos que apesar do ativo envolvimento da Câmara Municipal de Mafra e da Junta de Freguesia da Ericeira, os referidos 100kg de lixo foram recolhidos numa faixa junto ao mar de aproximadamente 200 metros, sendo possível extrapolar que a faixa costeira de Portugal continental possa compreender cerca de 600 toneladas de lixo regularmente trazido pelas ondas.

Declarações Prof.ª Paula Sobral, Presidente da Associação Portuguesa de Lixo Marinho
“O lixo marinho, essencialmente composto por resíduos de plástico, é hoje reconhecido como um problema global que afecta os oceanos e a biodiversidade. Estes resíduos têm causado ferimentos e dizimado milhares de animais marinhos que neles ficam aprisionados. Este ano devido às tempestades e aos ventos fortes que se fizeram sentir na costa portuguesa é bem visível nas nossas praias o lixo de plástico que o mar se encarregou de nos devolver. Unir esforços e aproveitar esta oportunidade para o remover é também não deixar que o lixo volte ao mar, é sensibilizar para o problema, é contribuir para que o lixo seja colocado no local certo e não no ambiente. Não queremos que o lixo marinho faça parte do nosso quotidiano, queremos oceanos limpos que preservem os valores da vida.”

Top 5 do Ranking de lixo marinho na costa portuguesa:
1 - Beatas de cigarros
2 – Cotonetes
3 – Embalagens de comida
4 – Tampas de plástico
5 – Garrafas de plástico

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×