22/7/17
 
 
Obrigações. Subscrição da nova série já arrancou

Obrigações. Subscrição da nova série já arrancou

Sónia Peres Pinto 17/07/2017 14:20

Operação termina a dia 28 de julho.Cada subscritor pode investir no mínimo mil euros e no máximo um milhão de euros. 

A subscrição da quinta série de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV), um instrumento de dívida pública de retalho a médio prazo que pretende captar a poupança das famílias, arrancou ontem e termina no próximo dia 28 de julho. 

Cada subscritor pode investir no mínimo mil euros e no máximo um milhão de euros neste instrumento, devendo as ordens ser transmitidas em múltiplos de mil e subscritas junto de uma instituição de crédito.

Estas obrigações são emitidas por um período de cinco anos, com reembolso em agosto de 2022, dando aos seus titulares o direito a receber um juro variável e igual à Euribor a seis meses acrescida de 1,6%. Como esta taxa está a valores negativos, significa que o juro mínimo pago é de 1,6%.

Desde abril de 2016 que esta é a quinta série de OTRV que o IGCP lança, tendo vindo a baixar a taxa de juro mínima paga aos subscritores: começou em 2,2%, baixando sucessivamente até à série que tem início hoje, que tem um juro mínimo de 1,6%. E à semelhança de outros instrumentos de retalho, a emissão das OTRV promove a aplicação da poupança de médio e longo prazo dos aforradores em títulos de dívida com características idênticas às Obrigações do Tesouro, mas com remuneração variável.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×