17/11/17
 
 
Mais eletricidade a partir do vento

Mais eletricidade a partir do vento

Magalhães Afonso 19/06/2017 11:56

No ano passado, 10% da produção de eletricidade na UE foi a partir do vento, um valor cinco vezes superior ao de 2005 (2%). Em Portugal o valor foi de 20%, o que coloca o país entre os principais produtores europeus de energia eólica. 

Segundo o Eurostat dos 3,1 milhões de gigawatt-hora de eletricidade produzida em 2016 na União Europeia (UE), perto de 315 mil foram gerados a partir do vento. A energia eólica foi a quarta fonte de produção eléctrica europeia, depois da térmica convencional – carvão, fuelóleo e gás natural - (49%), nuclear (27%) e hídrica (12%).

Entre os Estados-membros, o destaque vai para a Dinamarca, que produziu 43% da eletricidade com fontes eólicas. Seguiram-se a Lituânia (27%), a Irlanda (21%), Portugal (20%), Espanha (18%) e o Reino Unido (14%).

Do outro lado da tabela, a contribuição do vento para a produção de eletricidade foi insignificante em Malta, Eslovénia, Eslováquia e República Checa (menos de 1%), abaixo de 2% na Letónia e Hungria e à volta dos 4% em França, Luxemburgo e Finlândia.  

Por comparação com 2005, os maiores crescimentos da utilização de energia eólica foram na Lituânia (mais 27%), Dinamarca (24%), Portugal (16%), Reino Unido (13%), Espanha e Alemanha (11%).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×