20/9/18
 
 
Militar da GNR que deixou homem inconsciente foi constituído arguido

Militar da GNR que deixou homem inconsciente foi constituído arguido

Jornal i 11/05/2017 23:50

O comportamento do agente está sob investigação.

O militar da GNR que deixou um homem inconsciente no Montijo foi constituído arguido. O agente é suspeito de abuso de poder e ficou sujeito a Termo de Identidade e Residência.

A GNR já está a investigar o comportamento do militar.

Recorde-se que o militar foi filmado a deixar um homem inconsciente na repartição de finanças do Montijo depois de, alegadamente, o homem ter insultado os funcionários.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×