17/10/18
 
 
Santarém. Na antiga Escola Prática de Cavalaria, agora nascem startups

Santarém. Na antiga Escola Prática de Cavalaria, agora nascem startups

DR Mariana Madrinha 30/01/2017 12:13

Na ex-EPC funcionam hoje tribunais e outros serviços da autarquia

A Escola Prática de Cavalaria (EPC) de Santarém foi desativada em 2006 e, aquando do fecho, deixou na cidade um vazio, já que este era um dos símbolos maiores da cidade e do 25 de Abril.

Nos anos seguintes ao encerramento, alguns locais dentro do complexo começaram a mostrar sinais alarmantes de abandono. Tanto que, por exemplo, muitos dos edifícios foram vandalizados, tendo sido roubadas maçanetas e todo o tipo de metais que se pudessem arrancar.

Agora, a situação está a reverter-se e, aos poucos, o antigo local ganha novas vidas das mais diversas áreas.

Neste momento, “na antiga Escola Prática de Cavalaria funcionam diversos serviços municipais, instalações desportivas [por exemplo, o campo do Rugby Clube de Santarém], o Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão, o Tribunal de Trabalho e a Cruz Vermelha”, disse ao i fonte oficial da Câmara de Santarém.

Para além destes serviços agora centralizados no espaço é também aqui que funciona a “Start-up Santarém – Centro de Inovação Empresarial e o Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão”.

Museu da Liberdade em curso

À data do encerramento da EPC de Santarém já se falava na implantação de um “museu da liberdade” no local de onde saiu o capitão Salgueiro Maia na madrugada de 25 de abril de 1974.

Onze anos depois, o processo começa agora a mexer e o novo espaço museológico já tem nome e acrónimo: MAVU – Museu de Abril e dos Valores Universais. “Nesta fase inicial foi constituída uma comissão que se encontra a ultimar o programa museológico do futuro museu”, explica a mesma fonte.

Por enquanto, não há ainda datas para a concretização do projeto.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×