20/9/18
 
 
Meo Rip Curl Pro Portugal. Frederico Morais qualifica-se para a terceira ronda em Peniche

Meo Rip Curl Pro Portugal. Frederico Morais qualifica-se para a terceira ronda em Peniche

Pedro Mestres/WSL 18/10/2016 18:29

Começou hoje o MEO Rip Curl Pro Portugal, décima etapa do circuito mundial de surf da World Surf League. Os melhores surfistas do Mundo entraram na água na Praia de Supertubos que se apresentou com ondas de mais de um metro, revelando-se um desafio à altura dos surfistas do Tour.

 

O grande destaque do dia vai para Frederico Morais. O surfista português, a participar nesta prova graças a um wild-card, voltou a mostrar-se em boa forma em Peniche ao vencer a quinta bateria da primeira ronda contra o ex-campeão do Mundo Gabriel Medina e o norte-americano Conner Coffin. Com este resultado, Morais avança diretamente para a terceira ronda do campeonato e fica à espera de conhecer o seu próximo adversário.
 
“Não há segredo para ganhar estes heats. Não tenho nada a perder.” afirmou Frederico Morais depois da sua bateria. “Só tens de fazer surf e segurar a liderança quando a tens. Foi um heat muito disputado porque o Gabriel precisava de uma pontuação baixa, mas ele consegue fazer com facilidade. As condições estavam difíceis e eu surfei as melhores ondas” explica. Morais fez 11.37 pontos contra os 9.76 de Medina e os 8.03 de Coffin.

 
Na sexta-bateria, foi a vez de Miguel Blanco se estrear no MEO Rip Curl Pro Portugal. Ao contrário do seu colega português, Blanco não se conseguiu qualificar directamente para a terceira fase, tendo terminado o heat atrás de Jadson André mas à frente de John John Florence. O surfista brasileiro totalizou 13.20 pontos contra os 11.17 do português e os 9.94 do havaiano.
 
Miguel avança assim para a segunda ronda, fase de repescagens, onde no primeiro heat irá surfar novamente contra John John Florence.
 
Ainda digno de destaque é a presença de Florence, Medina e ainda Matt Wilkinson, que também não conseguiu vencer a sua bateria da primeira ronda, na segunda ronda do MEO Rip Curl Pro Portugal. Estes três surfistas, que ocupam os três primeiros lugares do ranking mundial, vão estar sobre pressão quando a competição voltar para a água, uma vez que vão querer ganhar os seus heats para manter vivas as esperanças de conquistar o título mundial deste ano.
 
Destaque ainda para Kelly Slater. O onze vezes campeão mundial venceu a sua bateria com grande categoria, fazendo mesmo uma nota de 9 pontos (em 10 possíveis) com um aéreo espetacular. O norte-americano derrotou os australianos Matt Banting e Stu Kennedy.
A organização reunirá amanhã para avaliação das condições às 7:50 para um possível reinício de competição às 8:00.
 
RESULTADOS ROUND 1:

 

Heat 1: Kai Otton (AUS) 12.43, Nat Young (USA) 11.77, Julian Wilson (AUS) 11.40

Heat 2: Kolohe Andino (USA) 10.76, Keanu Asing (HAW) 9.94, Alex Ribeiro (BRA) 7.23

Heat 3: Jordy Smith (ZAF) 12.30, Jeremy Flores (FRA) 11.94, Kanoa Igarashi (USA) 11.37

Heat 4: Miguel Pupo (BRA) 14.34, Ryan Callinan (AUS) 13.20, Matt Wilkinson (AUS) 7.63

Heat 5: Frederico Morais (PRT) 11.37, Gabriel Medina (BRA) 9.76, Conner Coffin (USA) 8.03

Heat 6: Jadson Andre (BRA) 13.20, Miguel Blanco (PRT) 11.17, John John Florence (HAW) 9.94

Heat 7: Wiggolly Dantas (BRA) 10.94, Filipe Toledo (BRA) 9.53, Adam Melling (AUS) 8.00

Heat 8: Kelly Slater (USA) 15.83, Matt Banting (AUS) 10.77, Stuart Kennedy (AUS) 9.63

Heat 9: Josh Kerr (AUS) 15.90, Alejo Muniz (BRA) 15.76, Adrian Buchan (AUS) 7.84

Heat 10: Adriano De Souza (BRA) 14.17, Jack Freestone (AUS) 13.50, Caio Ibelli (BRA) 11.24

Heat 11: Joel Parkinson (AUS) 14.83, Michel Bourez (PYF) 10.66, Davey Cathels (AUS) 12.66

Heat 12: Italo Ferreira (BRA) 15.90, Sebastian Zietz (HAW) 14.83, Dusty Payne (HAW) 12.27

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×