19/5/21
 
 
Vítor Rainho 05/09/2016
Vítor Rainho

vitor.rainho@ionline.pt

Porque se pode “vestir” Estaline e não Hitler?

Não sei há quantos anos não vou à festa do Avante!, mas é seguramente há muitos. 

Recordo-me de ter assistido a grandes concertos, nomeadamente ao dos Dexys Midnight Runners, e de ouvir uma ou outra palestra, com nomes grandes do jornalismo desportivo de então, como Carlos Pinhão. O resto era andar de concerto em concerto e de passar pelos pavilhões mais interessantes, assim como pelas tascas mais castiças.

Mas lembro-me de um episódio que nos terá afastado para sempre da festa: quando o camarada Álvaro Cunhal discursava as tendas de comes e bebes fechavam, pois a hora era sagrada e mesmo quem não quisesse ouvir o líder comunista não podia matar a sede. Éramos muito miúdos e perdemos o encanto por uma festa que considerávamos um festival e que ia muito além do partido. Penso que ainda hoje deve ser assim: há muito boa gente que vai à festa, mas que o faz por todas as razões, menos as partidárias.

E nisso o PCP acaba por ganhar, já que leva para o seu mundo pessoas que nada têm a ver com o partido mas que gostam dos concertos, espetáculos e convívio. A festa do Avante! transformou-se no último dos festivais de verão e são muitos os que gostam de fechar a época usando a t-shirt de Che Guevara ou de Estaline. O que não deixa de ser curioso, pois as duas figuras têm tanto de românticas como de antidemocráticas.

No verão li o livro o “Fim do Homem Soviético” e fiquei com imensa curiosidade de saber que o pensará Jerónimo de Sousa e os seus camaradas do livro que retrata o princípio e o fim do comunismo. As atrocidades cometidas e agravadas desde 1922 até ao início dos anos 90 foram tantas e tão cruéis   que me custa perceber como há personagens que andam com Estaline estampado no peito. E é nisso que o PCP também tem talento, já que é permitido ao comum dos mortais andar com a cara de um dos maiores assassinos da história – que rivaliza com Hitler nas atrocidades cometidas –, alegando a defesa dos ideais de um mundo melhor. Esperemos que o atual PCP defenda um mundo bem melhor do que o de Estaline...


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×