20/9/18
 
 
Há mais 31.395 pessoas com abono de família desde o início do ano

Há mais 31.395 pessoas com abono de família desde o início do ano

João d’Espiney 20/06/2016 19:47

Dados da Segurança Social indicam que foram processados 1.110.149 abonos em maio, o que representa ainda assim uma quebra de 43.911 face ao mês homólogo.

Os serviços da Segurança Social  processaram 1.110.149 abonos de família no final de maio, o que representa um acréscimo de 6439 face ao mês anterior e de 31.395 prestações desde o início do ano.

Os números divulgados esta segunda-feira pelo Ministério ainda apontam, no entanto, para uma diminuição de 43.911 abonos relativamente a maio de 2015.

Recorde-se que em fevereiro entraram em vigor os aumentos desta prestação social, que se traduziram acréscimos entre os 2% e os 3,5% consoante o escalão de rendimentos.

Os dados publicados indicam ainda que foram atribuídos 111.867 subsídios de doença em maio, ou seja, menos 18.612 do que em abril mas mais 11.062 do que no mês homólogo do ano passado. Desde o início do ano há mais 16.526 beneficiários desta prestação social.

Em fevereiro, o ministro Vieira da Silva anunciou que um dos objetivos do novo plano de combate à fraude e evasão contributiva passariam precisamente pelo regime de controlo de baixas por doença. “Temos assistido a um aumento da despesa com o subsídio de doença” devido a uma redução das convocatórias para as juntas de verificação”, justificou na altura num encontro com jornalistas para apresentar o Orçamento da Segurança Social para este ano.

“A meta dos 30 dias (para convocar todas as pessoas de baixa por doença) não tem sido alcançada, o que tem provocado alguma evasão”, explicou ainda o ministro, revelando que o governo iria proceder à “revisão de todos os critérios, a uma melhoria no modelo de controlo de certificação das incapacidades e ao reforço das convocatórias”.

RSI. Mais 4774 beneficiários De acordo com os números do Ministério, os centros de segurança social processaram ainda 212.772 subsídios de Rendimento Social deInserção (RSI) em maio, um número que traduz acréscimos em relação a qualquer período em análise: mais 2299 face a abril; 3496 relativamente a maio de 2015, e 4774 em relação a janeiro,

No que toca às famílias beneficiárias de RSI, os dados apontam para um total de 96.341, mais 929 do que no mês anterior, mais 3227 do que em maio do ano passado, e mais 2066 em relação ao início do ano.

O valor médio por beneficiário foi de 114,68 euros em maio, menos um euro do que em abril, mais 22 euros do valor médio registado em igual período do ano passado. Em relação às famílias, o valor médio pago foi de 257,97 euros, menos dois euros do que em abril mas mais 43 euros do que o valor médio de maio de 2015.

Já no que toca ao Complemento Solidário do Idoso (CSI), os números apontam para um total de 161.402 beneficiários, o que representa uma quebra em relação a qualquer período em análise: menos 253 do que em abril,  -4441 face a maio de 2015 e de 4935 em relação a janeiro.

Em maio, foram também pagos 232.840 subsídios de desemprego, número que também traduz uma diminuição quer mensal (-9330), quer homóloga (-46794) , quer desde o início do ano (-28.147).

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×