18/9/18
 
 
Açores| Ilha Dragão | Ilha de São Jorge

Açores| Ilha Dragão | Ilha de São Jorge

11/11/2015 16:23

Um projecto em que o fotojornalista António luís Campos documenta fotograficamente o dia-a-vida das nove ilhas dos Açores - começam aqui, agora.

O epiteto remete de imediato para um misticismo indefinível, que a paisagem agreste e as neblinas constantes se encarregam de reforçar. A oblonga ilha de S. Jorge está no coração do Grupo Central, onde o arquipélago é mais arquipélago. De lá vêem-se cinco das nove ilhas açorianas e das suas duas pontas o horizonte parece infinito. Os jorgenses, esses, são cada vez menos, paradoxalmente isolados. Ilha dura, alta, marcada por uma orografia desafiadora, tem nas fajãs a imagem de marca: pequenas plataformas de terra fértil junto ao mar, bravamente trabalhadas, formadas ora devido às derrocadas nas aprumadas escarpas, ora resultado de ancestrais escoadas lávicas. A algumas apenas se chega a pé, e muitas foram sendo abandonadas ao longo dos anos, pela dureza das condições de vida. O viajante precisará apenas de pernas para a elas descer e pulmões para delas subir. Mas o prémio está ao alcance de que todos: lá em baixo, apenas com o oceano pela frente e a encosta pelas costas, sentir-nos-emos verdadeiramente Atlantes, gente de um continente perdido.

Portfólio completo nas Crónicas da Atlântida | uma foto por dia, uma ilha por mês, de leste para oeste, em 

 

www.ionline.pt/atlantida

As Crónicas da Atlântida

Um projecto em que o fotojornalista António luís Campos documenta fotograficamente o dia-a-vida das nove ilhas dos Açores - começam aqui, agora. Durante nove meses serpentearão por todas as ilhas do arquipélago, da maior para a mais pequena, em ventos que sopram de Leste para Oeste.

Artigo escrito por António Luís Campos

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×