26/8/19
 
 
Marquês. O negócio fracassado entre Luís Filipe Vieira e o amigo de Sócrates
Os caminhos de Carlos  Santos Silva, Rui Pedro  Soares e Luiz Filipe Vieira cruzam-se no âmbito da “Operação Marquês”

Marquês. O negócio fracassado entre Luís Filipe Vieira e o amigo de Sócrates

Os caminhos de Carlos Santos Silva, Rui Pedro Soares e Luiz Filipe Vieira cruzam-se no âmbito da “Operação Marquês” Ivan Del Val/Global Imagens Pedro Rainho 24/10/2015 22:01

Gabinete de presidente do Benfica, no Estádio da Luz, seria palco da reunião em que o empresário discutiria possíveis investimentos na América do Sul.

Há um momento em que os caminhos de Carlos Santos Silva, Rui Pedro Soares e Luiz Filipe Vieira se cruzam no âmbito da Operação Marquês: Maio de 2014. O presidente do Sport Lisboa e Benfica (SLB) estaria interessado em aliar-se ao administrador do grupo Lena, eventualmente para, em conjunto, avançarem com um projecto para a construção de milhares de casas na América do Sul.

Um encontro entre os três chegou a ser ensaiado para o dia 19 de Maio. Nas semanas que antecederam esse momento, Rui Pedro Soares, dono do clube de futebol lisboeta Belenenses, serviu de intermediário entre Carlos Santos Silva e Luís Filipe Vieira, responsável máximo do clube da Luz.

Mas a agenda preenchida de Santos Silva e Vieira foi o primeiro obstáculo à concretização desse primeiro encontro. O momento era particularmente importante: o grupo (Santos Silva, Vieira e Pedro Soares) devia encontrar-se com um representante colombiano, que ficaria responsável por organizar a agenda de uma futura deslocação à Colômbia e que, ao mesmo tempo, faria a “ponte com o embaixador”. Para isso, precisava de perceber o que os portugueses tinham em mente para aquele país sul-americano. Mas, com um projecto em mãos na Argélia que ainda tentava garantir, o administrador do grupo Lena não queria descurar essa frente.

Ficou tudo acertado para 21 de Maio, quarta-feira, a meio da manhã. Deviam reunir-se os quatro, às dez e meia, no escritório de Luís Filipe Vieira.

Rui Pedro Soares e Santos Silva deviam chegar um pouco antes da hora da reunião. A ideia, sugeriu o dono do Belenenses, era estacionarem os respectivos carros na garagem subterrânea do estádio e aí acertar posições para a proposta que levariam, 15 minutos depois, ao presidente do SLBenfica.

Aquela não seria a primeira incursão de Luís Filipe Vieira na construção civil. Na verdade, depois de nos primeiros anos ter trabalhado no ramo automóvel (a vender pneus e outros tipos de equipamentos), o responsável do clube da Luz funda, com outros dois sócios, a Obriverca – uma empresa de Alverca do Ribatejo para o ramo da construção, que registou um crescimento exponencial e deu origem a mais de 40 empresas de diferentes áreas de actividade. Ainda assim, em 2001, já depois de ter chegado ao cargo máximo do clube benfiquista, Luís Filipe Vieira deixou o grupo e passou essa responsabilidade para a mão de familiares.

Vieira parecia de volta à construção. O projecto que o levou ao contacto com Carlos Santos Silva – sempre por intermédio de Rui Pedro Soares – tinha olhos postos no outro lado do Atlântico. Santos Silva tinha no horizonte a construção de 50 mil casas na Colômbia. O projecto tinha sido baptizado com o nome de Casas para o Mundo e reuniu duas dezenas de empresas portuguesas com o objectivo comum de, até 2020, construírem 200 mil casas na América do Sul e em África. No que tocava ao grupo Lena, as 50 mil casas corresponderiam a um retorno de quase 3 mil milhões de euros. 

No dia 21 de Maio, quase em cima da hora para a reunião em que este tema estaria em cima da mesa, Luís Filipe Vieira foi forçado a abortar o encontro. Estava doente e não ia poder sair de casa naquele dia. A agenda volta a atrapalhar os planos do grupo. Assoberbado com a compra e venda de jogadores para o Belenenses, quando o campeonato se encontrava já na recta final, Rui Pedro Soares parece deixar cair as conversações e o assunto acaba por perder força. A parceria morre antes ainda de ter sido formalizada.  

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×