23/9/18
 
 
Crime do caminho de Santiago. Cronologia
Miguel Ángel continua em prisão preventiva e mudou de versão: agora diz-se inocente

Crime do caminho de Santiago. Cronologia

Miguel Ángel continua em prisão preventiva e mudou de versão: agora diz-se inocente Júlio Casares/Epa Rosa Ramos 15/09/2015 15:25

12/2014  
Denise fica desempregada, levanta as poupanças do banco e sai de Phoenix, nos EUA, para “viajar pelo mundo”. Segue para Manila, passa pelo Camboja e visita Singapura. Só depois voa para Paris, em França. 

6/3/2015  
Inspirada pelo filme “The Way” e, segundo o irmão, à procura de “equilíbrio” e do “sentido da vida”, Denise decide fazer o Caminho Francês de Santiago. Começa a caminhar em Pamplona, sem telemóvel.

1/4/2015 

Faz o último levantamento de dinheiro: 50 euros. 

4/4/2015 
Denise apresenta a credencial do peregrino no albergue “San Javier”, perto da catedral de Astorga, em Léon. Paga os nove euros da estadia e fala pela última vez com uma amiga, por email: “Olá a partir de Astorga. Fico contente por teres tido um bom dia, mesmo que o clima não tenha sido perfeito. Planeio ir a El Ganso. Disseram-me que tem um bom albergue. Fico contente por saber que o Louis está bem. Vamos arrebitar. Aproveita, DT”. No albergue dormiram outros 73 peregrinos. 

5/4/2015  
Denise acorda cedo e toma o pequeno-almoço no café “Gaudi”. Visita a Igreja de Santa Marta, perto da catedral de Astorga, com três peregrinos italianos – que lhe perdem o rasto. Deveria chegar a El Ganso, a aldeia onde iria pernoitar, ao meio-dia, mas não volta a ser vista. 

30/4/2015  
A polícia localiza um dos italianos que viram Denise pela última vez. Giorgio colabora com as autoridades e consegue provar que não teve nada a ver com o desaparecimento. 

11/9/2015  
Cinco meses depois, Denise aparece morta. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×