23/9/18
 
 
Multibanco está de parabéns. Faz esta semana 30 anos
Hoje, segundo a SIBS, existem cerca de 13 mil caixas de Multibanco e mais de 19 milhões de cartões em circulação

Multibanco está de parabéns. Faz esta semana 30 anos

Hoje, segundo a SIBS, existem cerca de 13 mil caixas de Multibanco e mais de 19 milhões de cartões em circulação jornal i 31/08/2015 15:17

Hoje existem cerca de 13 mil caixas de Multibanco e mais de 19 milhões de cartões em circulação.

Trinta anos depois de ter sido criado, o Multibanco "já faz parte da vida dos portugueses", afirma o presidente do Conselho de Administração do Grupo SIBS, Vítor Bento.

“As coisas só se avaliam pelos resultados. Teve de passar algum tempo para fazermos uma análise maior. Olhando para trás e para a actualidade conseguimos perceber que seria inimaginável as pessoas levantarem dinheiro apenas aos balcões dos bancos onde possuíam conta e ter de estar em longas filas. Parece a pré-história”, contou.

A rede de caixas de Multibanco (MB), o primeiro projecto da SIBS, foi lançada em 1985 com a instalação de nove equipamentos em Lisboa e no Porto, que permitiam fazer levantamentos, consultas (saldos e movimentos) e alteração de PIN (código), de acordo com dados disponibilizados pela SIBS.

Em Lisboa, o primeiro multibanco foi instalado no Banco Nacional Ultramarino (BNU) do Rossio e no Porto no Banco Borges e Irmão (BBI) na Rua Bonjardim.

Hoje, segundo a SIBS, existem cerca de 13 mil caixas de Multibanco e mais de 19 milhões de cartões em circulação, estando disponíveis mais de 60 funcionalidades.

Entre estas funcionalidades contam-se serviços que vão do pagamento das facturas da água, da luz ou o gás, carregamento de telemóveis e pagamento de portagens, transferência de dinheiro, os pagamentos ao Estado, a compra de bilhetes para transportes e espetáculos e a emissão de licenças de pesca e até fazer donativos.

“Os dados mostram bem a facilidade da vida de hoje e a dinâmica de desenvolvimento que a SIBS introduziu. Enquanto nos outros países foi feito banco a banco, em Portugal foi feito de forma cooperativa, o que permitiu alavancar um conjunto de funcionalidades que de outra forma não seria possível”, explicou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×