25/9/18
 
 
Homem que atropelou Bolt já falou sobre o acidente
O momento da queda

Homem que atropelou Bolt já falou sobre o acidente

O momento da queda ROLEX DELA PENA/EPA Jornal i 28/08/2015 22:59

Operador de câmara pediu desculpa ao atleta jamaicano e disse que o importante é que os dois ficaram bem.

Song Tao, o operador de câmara que atropelou o homem mais rápido do mundo ao cair de uma Segway nos Mundiais de Atletismo, em Pequim, já falou sobre o acidente e pediu desculpa a Usain Bolt.

“O importante é que ele está bem”, disse ao “Guardian” o operador de câmara, fotografado a dar um aperto de mão ao atleta da Jamaica. “Eu também estou e estou pronto para voltar ao trabalho.”

No final da prova dos 200 metros, Tao atirou Bolt ao chão depois de ter perdido o controlo da Segway em que seguia e chocado com o alteta. No final, na conferência de imprensa da prova, Bolt reagiu ao acidente com uma piada: “Vou lançar o rumor de que foi o Justin [Gatlin, seu rival] que lhe pagou para me atropelar.” E Gatlin respondeu na mesma moeda: “Quero o meu dinheiro de volta.” 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×