20/9/19
 
 
China. Festival de carne de cão: "É como comer peru no Natal"
Houve uma campanha contra o festival com quase 4 milhões de subscritores

China. Festival de carne de cão: "É como comer peru no Natal"

Houve uma campanha contra o festival com quase 4 milhões de subscritores Jornal i 23/06/2015 19:45

O festival de carne de cão que todos os anos acontece na cidade de Yulin, na China, terminou no dia previsto, sem ligar aos protestos à sua volta.

Houve revolta de activistas dos direitos dos animais e uma campanha que conseguiu quase 4 milhões de subscritores, incluindo algumas celebridades internacionais. Todos contra a crueldade a que são submetidos cerca de 10 mil cães, abatidos para depois serem cozinhados, segundo um cenário descrito pela BBC.

"Vocês comem peru, por que é que nos querem forçar a não comer carne de cão?", perguntou um vendedor de carne de cão, citado pelo Independent.

O evento celebra o solstício do Verão.

Uma professora reformada chinesa saltou para as redes sociais depois de ter resgatado cerca de 100 cães, tendo gasto mil euros para os comprar até à véspera do festival.

O evento transformou-se num embaraço político, mas realizou-se mesmo e decorreu até ao fim de forma normal.
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×