23/9/18
 
 
Outras polémicas artísticas

Outras polémicas artísticas

Clara Silva 09/06/2015 12:34

Desde os tempos das pinturas rupestres que a arte causa polémica. Recordamos alguns momentos desde “A Origem do Mundo” até “Tree”, de McCarthy, recentemente vandalizada.

 

A origem do mundo, Gustave Courbet, 1866
Foi a pedido do turco Khalil--Bey que Courbet retratou uma vagina da forma mais realista que conseguiu, um escândalo na altura. No ano passado, a artista Deborah de Robertis decidiu homenagear o quadro e despir-se à sua frente no Musée d’Orsay. 

 

 

 

A Fonte, Marcel Duchamp, 1917
Um urinol branco. A obra de Marcel Duchamp é o melhor exemplo do dadaísmo, mas continua a haver gente a indignar-se com a peça. Em 2006, por exemplo, um homem de 77 anos tentou destruí-la com um martelo no Centro Pompidou.

 

 

 

 

 

Everyone I Have Ever Slept With, Tracey Emin, 1963-1995
Também conhecido como “A Tenda”, é um trabalho da artista Tracey Emin que inclui os nomes de todas as pessoas com quem a artista foi dormindo – não só no sentido sexual. Foi destruído num incêndio em 2004. 

 

 

 

Made in Heaven, Jeff Koons, 1990-91
“Dirty Ejaculation” e “Ilona’s Asshole” são os nomes de algumas das obras de “Made in Heaven”, a série de Jeff Koons com a sua mulher na altura, a actriz porno Ilona Staller, mais conhecida por Cicciolina. A série inclui fotos explícitas e esculturas.

 

 

 

Tree, Paul McCarthy

Na Praça Vendôme, em Paris, o plug anal de Paul McCarthy chocava muita gente no fim do ano passado. De tal forma que a obra foi vandalizada e a peça insuflável acabou no chão. O artista também foi agredido com três bofetadas durante a inauguração.

 

 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×